Consumo de água aumenta neste período do ano

25 de outubro de 2011

Com o fim do período chuvoso no mês de maio, o consumo de água no Estado aumentou cerca de 2,36% nos três meses posteriores ao trimestre de chuvas. O volume líquido registrado no último mês chuvoso foi de 20.019.079. Já no mês de agosto, mês mais quente do ano, registrou-se no Ceará, o volume de 20.701.528, um aumento de 682.449 metros cúbicos de água, equivalente a quantidade necessária para abastecer uma cidade do tamanho de Horizonte, Pacajus, Russas e Aracati, juntas.

Para acompanhar este crescimento, a Cagece aumentou em 3,71% a oferta de água para a Capital. Esse percentual corresponde a um aumento de 0,26m3/s na adução no macrossistema. A Estação de Tratamento de Água do Gavião, que abastece Fortaleza, opera atualmente com uma vazão média de 7,26 m3/s.

Os primeiros dois meses sem chuvas apresentaram crescimento constante no consumo de água. Em junho deste ano, o volume líquido foi de 20.438.666, no Ceará. Já no mês de julho, este número foi de 20.519.673 metros cúbicos no 150 municípios com água tratada que a Cagece abastece, somente na Capital este volume chegou a 12.257.385.

Apesar no aumento na oferta, a Cagece orienta os clientes a usarem a água de forma consciente e evitarem o desperdício. A Companhia dá algumas dicas e ensina os clientes que práticas diárias de economia podem também diminuir o valor da conta de água mensal.

A dica é reaproveitar a água e economizar no tempo de uso:

Na cozinha – Lavar louça nas mãos: Limpe os pratos e as panelas, deixe-os de molho e ensaboe. Numa bacia/balde, junte quantidade suficiente para enxaguar a louça, controlando a água usada sem desperdiçar. Não deixe a torneira aberta durante a lavagem, pois desperdiçará até 105 litros.

Lavar louça na máquina – Se for realmente necessário, só use quando estiver bem cheia (antes de comprá-la, verifique seu consumo de água), pois são gastos 40 litros.

No banheiro – Escovar os dentes: Molhe a escova e feche a torneira enquanto escova os dentes. Para enxaguar a boca, use um copo de água, economizando, assim, mais de 11,5 litros de água.

Lavar o rosto / Fazer a barba – Lavar o rosto com a torneira aberta consome-se, em apenas um minuto, 2,5 litros de água. Para se barbear, em 5 minutos, são desperdiçados 12 litros de água. Portanto, para economizar, encha um recipiente com água em quantidade suficiente para fazer a barba, da mesma forma como se faz quando vai se lavar louça.

Nas torneiras – Instale aerador (peneira) nas torneiras da casa para reduzir a vazão, já que uma torneira aberta gasta de 12 a 20 litros/minuto e ela pingando gasta 46 litros/dia, resultando em 1.380 litros por mês de água desperdiçada.

No jardim, quintal ou calçada – Lavar calçada, quintal ou jardim: Primeiro de tudo use a vassoura e varra antes de lavar, mantendo sempre limpo. Caso seja necessário, lave o jardim, quintal ou calçada uma ou duas vezes, no máximo, na semana, com um balde da água que você reaproveitou da máquina de lavar ou de outros locais, pois com mangueira gasta-se 280 litros. Aproveite também a água das chuvas, captando na saída das calhas. Não cubra todo o seu jardim com cimento, deixando sempre um espaço para as plantas e aproveitando as águas da chuva naturalmente.

25.10.2011

Assessoria de Imprensa da Cagece

Sabrina Lemos (sabrina.lemos@cagece.com.br / 85 3101.1826 – 8878.8932)