2.017 veículos de 12 municípios são vistoriados pelo programa fumaça negra

26 de outubro de 2011

Entre os meses de setembro e outubro, 2.017 veículos foram vistoriados em novas blitze do Programa de Combate à Fumaça Negra, realizadas pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), em 12 municípios do Estado. A ação teve como objetivo coibir a emissão da fumaça negra de veículos movidos a diesel, tais como ônibus, caminhões e transportes alternativos que apresentavam poluentes superior a 60% de preto, de acordo com a Escala de Ringelmann.

No mês de setembro, a operação totalizou 15 blitze, alcançando os municípios de Fortaleza, Aquiraz, Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Baturité, Limoeiro do Norte, Aracati, Acopiara, Iguatu e Senador Pompeu. Neste período, o total de 1.146 veículos foram vistoriados e 47 autuados por apresentarem índices de fumaça acima do permitido pela legislação vigente. Em outubro, as fiscalizações ocorreram nos municípios de Fortaleza, Maracanaú, Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, contabilizando o total de nove blitze realizadas, com 871 automóveis inspecionados e 31 multados.

Em Acopiara, a ação foi motivada pela Secretaria de Meio Ambiente devido as comemorações de 90 anos de emancipação do município e teve caráter apenas educativo. De acordo com o coordenador do Fumaça Negra, Francisco Oliveira, a ação foi uma oportunidade que a Semace teve de conscientizar e educar os motoristas locais. “As próximas blitze já serão punitivas, passíveis de multas”, alertou o coordenador do programa.

O Programa Fumaça Negra é realizado pela Gerência de Análise e Monitoramento (Geamo) da superintendência desde o ano de 1990. De acordo com a gerente da Geamo, Magda Kokay, os resultados referentes aos dois meses são favoráveis porque mostram o comprometimento da superintendência em alcançar o maior número de municípios do Estado no intuito de conscientizar os condutores que utilizam esses tipos de veículos.

A medição do índice de fumaça negra é feita através da escala de Ringelmann Reduzido, constituída de cinco colorações, variando de cinza claro ao preto total. As emissões de 20 e 40% estão dentro dos padrões estabelecidos. Já nas de 60, 80 e 100% o veículo é multado.

De acordo com a Portaria Nº 136, de 23 de julho de 2007 da Semace, os veículos irregulares têm 15 dias, a partir da autuação, para comparecerem à sede da instituição para passar por uma nova vistoria. Caso seja constatada a sua adequação aos padrões, o proprietário do carro tem o benefício da redução de 50% do valor da multa, que pode variar de R$ 1.174 a R$ 4.696.

 

Efeitos da fumaça negra

 

A fumaça negra emitida pelos carros pode acarretar sérios problemas à saúde, agredindo pele e olhos (com sintomas de irritação aguda), além dos aparelhos respiratório e cardiovascular. Essa emissão é o resultado de uma combustão incompleta e está associada a problemas operacionais e de manutenção dos veículos.

 

Medições

 

No ano de 1990, o programa apresentou resultado de medições com média percentual de 34,5 fora dos padrões e 65,5 dentro. Já em 2010, o último balanço da autarquia apresentou percentuais de 4,7 e 95,3, respectivamente.

 

26.10.2011

Assessoria de Imprensa da Semace

Ana Luzia Brito (comunicacao@semace.ce.gov.br / 85 3101.5554 – 8653.8337)

Twitter: @semace
Facebook: semace.gov