Alunos cearenses conquistam 1º lugar em Feira Científica no México

11 de novembro de 2011

Os alunos Wanderson Magalhães da Costa e Idyla Gabriely da Silva Lima, do Liceu Estadual de Maracanaú, conquistaram o 1º lugar na categoria Ciências Humanas – Educação, na Expociência 2011, realizada na cidade do México, no período de 25 a 29 de outubro. Pelo desempenho, receberam credencial para apresentar o projeto “A utilização da robótica educacional como instrumento de ensino”, durante a I-SWEEEP, evento científico internacional, em Houston, nos Estados Unidos, no próximo ano.

Conforme a professora Maria das Graças França Sales, orientadora do projeto, o trabalho teve como objetivo verificar como os alunos aprendem Matemática e Física, tendo um robô inseto como elemento mediador entre os estudantes e as disciplinas no processo ensino-aprendizagem. E dessa forma, sair da teoria, para o concreto.

O projeto foi desenvolvido em seis oficinas, destinadas a 25 alunos com idade entre 15 e 16 anos, matriculados no 1º e no 2º ano do Ensino Médio, os quais apresentavam baixo rendimento escolar nas disciplinas de Física e Matemática. Durante as oficinas, os estudantes foram separados em grupos, onde desmontaram um robô inseto, modelo elaborado pelos pesquisadores, e depois o reconstruíram, seguindo passo a passo o que tinham aprendido sobre o equipamento.

Na última fase do projeto, os grupos foram desafiados a construir seu próprio robô sem seguir modelo algum. Tudo foi acompanhado pela área pedagógica. “A ideia deu certo. Após análise das médias dos alunos da escola nessas disciplinas, foi verificado um rendimento escolar satisfatório dos estudantes envolvidos” – comemora a orientadora Graça.

O diretor do Liceu, Plácido Sousa, explica que os laboratórios de Química, Física e Biologia têm sido fundamentais para que os alunos coloquem em prática o que aprendem na sala de aula. No caso desse trabalho, a motivação chegou às demais disciplinas. “Os professores confirmaram que os estudantes passaram a ser mais curiosos e participantes durante as aulas” – ressalta o gestor.

Participaram da Expociência 2011 mais de 400 projetos e oito países: Brasil; Rússia; Peru; Colômbia; Argentina; Taiwan e México.

11.11.2011

Assessoria de Imprensa da Seduc
Jacqueline Cavalcante
85 3101.3972– jacquelinec@seduc.ce.gov.br