Centro de Educação conquista medalha Paulo Freire do Ministério da Educação

17 de novembro de 2011

O Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) Paulo Freire, da rede estadual em Fortaleza, conquistou a medalha Paulo Freire 2011, iniciativa do Ministério da Educação (MEC). O mérito veio pelo projeto Penas Alternativas que tem como objetivo promover o resgate dos valores, da cidadania e semear uma cultura de paz junto aos apenados. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Secretaria da Educação e a Vara de Execução de Penas Alternativas (Vepa).

Atualmente, o projeto conta com 119 alunos, entre homens e mulheres, que cumprem regime aberto e foram encaminhados ao Ceja pela Vara de Execução de Penas Alternativas. Lá, eles recebem escolarização, alimentação, participam de atividades culturais, esportivas e de grupos de socialização, além de palestras realizadas em parceria com os Alcoólicos Anônimos (AA) e os Narcóticos Anônimos (NA).  Iniciado em 2003, o trabalho tem como foco a ressocialização através da educação.

A professora e coordenadora do projeto, Kátia Simone Alves Ribeiro, conta que o trabalho é gratificante e a medalha veio para validá-lo frente à sociedade, que muitas vezes não acredita na mudança dessas pessoas. A Medalha Paulo Freire tem como objetivo reconhecer e estimular experiências educacionais que promovam ações bem sucedidas na alfabetização e educação de jovens e adultos. Possui caráter cultural e educacional e não está vinculada a prêmio de qualquer natureza. A solenidade de premiação está prevista para dezembro próximo.

Trata-se de uma promoção da Comissão Nacional de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos (CNAEJA) e pela Diretoria de Políticas de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos (DPAEJA/Secadi), do MEC. Os Centros de Educação de Jovens e Adultos oferecem às pessoas que não conseguiram estudar na idade ideal, a oportunidade de concluir a Educação Básica por meio do atendimento semi presencial. Ofertam Ensino Fundamental II (do 5º ao 9º ano) e Ensino Médio (do 1º ao 3º ano).

17.11.2011

Assessoria de Imprensa da Seduc

Jacqueline Cavalcante (jacquelinec@seduc.ce.gov.br / 85 3101.3972)