Bebês que nascem no Hospital César Cals têm exames e registro civil garantidos

21 de novembro de 2011

Teste do pezinho, texto da orelhinha, teste do olhinho e o registro civil são garantias para todos os bebês que nascem no Hospital Geral Dr. César Cals, unidade da Secretaria da Saúde do Estado. Além disso, todas as consultas de retorno são marcadas antes da alta hospitalar, com atendimento garantido no ambulatório de pediatria do Anexo.

Andrea Nascimento Cruz, mãe das gêmeas Alícia e Andressa, trouxe as duas filhas ao ambulatório do HGCC para a realização do teste do pezinho. Segundo ela, é muito importante fazer o teste nas filhas, pois ajuda a prevenir doenças. Andrea Nascimento conta que na maternidade do HGCC foi orientada a fazer o exame. Somente em 2011, até o mês de outubro, já foram realizados cerca de 4.300 exames.

Já o teste da orelhinha é realizado em todos os bebês que nascem no HGCC. São cerca de 500 a 600 exames. De acordo com a fonoaudióloga Eugênia Maria Marques Freire, o teste é realizado para saber se o bebê escuta bem, podendo detectar alguns problemas auditivos. Ela afirma ainda que os testes podem ser repetidos em alguns casos, como nos bebês de risco. O teste é rápido e não causa dor e é feito por meio de um estímulo acústico na orelha do bebê. Se a resposta ao estímulo atingir o valor estimado, é considerado normal.

Há ainda o teste do reflexo vermelho ou teste do olhinho, que no HGCC é realizado em todas as crianças que nascem na maternidade. O hospital também oferece o exame da retinopatia da prematuridade, mais conhecido como prevenção à cegueira infantil e é indicado para bebês prematuros, com idade gestacional de 32 semanas ou peso de nascimento menor ou igual a 1500g.

 

Além desses exames o Hospital César Cals oferece também o registro civil. Atualmente já foram registradas mais de seis mil crianças, contribuindo para a diminuição do sub-registro no Ceará.

 

21.11.2011

Assessoria de Comunicação do HGCC

Wescley Jorge (85 3101 5357 – 8828.7463)