Curso de Formadores em Controle de Convênios e Congêneres conclui a 1ª turma

27 de dezembro de 2011

Reduzir as fragilidades relacionadas à gestão de convênios e congêneres. Esse é o objetivo principal da série de cursos que foi iniciada pela Controladoria e Ouvidoria Geral (CGE), em parceria com a Escola de Gestão Pública (EGP) e a Casa Civil. A primeira turma da capacitação foi concluída com êxito.

 

De acordo com o coordenador de Ações Estratégicas da CGE e um dos professores do curso, Marcelo Monteiro, esta iniciativa representa efetivamente uma ação de prevenção. “No decorrer do curso, foi possível constatar que os servidores dos órgãos e entidades do Poder Executivo estão ávidos por formação e informação. Essa capacitação é um marco para o Estado, pois estamos contribuindo para a discussão e a busca da uniformização de entendimentos em torno do tema convênios”, frisou.

 

Segundo o coordenador, cada um dos 22 avaliados no curso possui condições de repassar informações e orientar outros servidores e colaboradores. O que exigirá um esforço ainda maior na realização de cursos para multiplicadores a partir de 2012. “A CGE e a EGP deverão organizar e programar a disponibilização de turmas de um novo curso, o de Capacitação em Celebração, Execução e Prestações de Contas de Instrumentos de Transferência de Recursos para Entes Públicos e Entidades Privadas Sem Fins Lucrativos”, adianta Marcelo Monteiro.

 

A iniciativa de realizar a capacitação surgiu frente à necessidade de orientar a formalização, execução e prestação de contas de convênios no âmbito do Governo. Dividido em quatro módulos, o curso tem o objetivo de compor um quadro de pessoas capacitadas para exercer o papel de multiplicadores em seus respectivos órgãos.

 

O Controlador e Ouvidor Geral do Estado, João Melo, destaca a importância de monitorar todas as etapas dos processos de contratos, convênios e congêneres, dentro da perspectiva do controle interno preventivo. “Temos que trabalhar no sentido de prevenção, fazendo o acompanhamento sistemático e a orientação continuada de todo o processo para garantir que não sejam cometidas irregularidades. Assim teremos o controle e a segurança de toda a parte burocrática”, frisou.

 

27.12.2011

 

Assessoria de Comunicação da Controladoria e Ouvidoria Geral (CGE)

Kélia Jácome – (85)3101.3474 / 8761.4632

kelia.jacome@cge.ce.gpv.br

@ComunicacaoCGE