Usina de Quixadá: Cagece e Petrobras em parceria para o desenvolvimento

27 de dezembro de 2011

O Governo do Estado do Ceará, através da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) e da Sohidra, investiu cerca de R$ 3 milhões em um sistema de abastecimento, no distrito de Juatama, no município de Quixadá, no Sertão Central. Uma parceria foi firmada com a Petrobras para o fornecimento de água para a Usina de Biodiesel de Quixadá, localizada no referido distrito.

Foram investidos diretamente no distrito de Juatama cerca de R$ 3 milhões (sendo R$ 2,7 milhões pela Sohidra e o restante pela Cagece). Com isso, foi construída uma adutora de 13 km de extensão e de 200mm de diâmetro, além de um sistema de abastecimento completo. O potencial para fornecimento de água para a Usina da Petrobras é de até 20 mil litros (ou 20 m3) por hora. Em um primeiro momento, é estimada a utilização pela Usina de 5 m³/hora.
Além disso, o Governo do Estado, também investiu recursos da ordem de R$ 20,5 milhões de reais na construção da adutora que liga o Açude Pedras Brancas à sede do município de Quixadá, numa extensão de 24 km. A obra melhora o sistema de abastecimento de água. Atualmente, a adutora se encontra em fase de pré-operação.
A Usina de Biodiesel de Quixadá é a terceira unidade de transformação de biocombustíveis do Brasil, estando as outras localizadas nos Estados da Bahia (Candeias) e Minas Gerais (Montes Claros). Com as obras de abastecimento, a Petrobras Biocombustíveis poderá aumentar a produção de biodiesel, já que passa de uma captação de água precária, realizada através de poços, para um sistema de abastecimento completo e seguro, ofertado pela Companhia.

Segundo o presidente da Companhia, Gotardo Gurgel, a implantação do sistema de abastecimento de água no distrito de Juatama, marca um momento histórico para o Sertão Central, por que cria condições para a região captar novas indústrias e se tornar também um polo industrial.

“Hoje a Cagece atua no Pecém, em Caucaia e Maracanaú, conhecidos polos industriais do estado. Porém, esse projeto inicia uma nova fase e serve como o pontapé inicial para transformar também o Sertão Central em uma região atrativa para a instalação de novas indústrias”, afirma. O projeto além, de desenvolver a região trará para a comunidade de Juatama uma distribuição de água de qualidade. Na localidade, foram realizadas 600 ligações à rede da Cagece e agora os moradores veem seu sonho de água encanada concretizado após 50 anos de reivindicações

27.12.2011

Assessoria de Imprensa da Cagece
Sabrina Lemos (sabrina.lemos@cagece.com.br)
Fone: 85 3101.1826 ou 3101.1828