Faturamento do Porto do Pecém cresceu 17% em 2011

6 de Janeiro de 2012

O ano de 2011 foi extremamente positivo na movimentação de exportação e importação do Porto do Pecém, com elevação positiva de 5% na movimentação de cargas e de 17% no faturamento. Em 2011 foram movimentadas 3,36 milhões de toneladas (t), enquanto que em 2010 esta movimentação foi de 3,21 toneladas. Esta grande movimentação registrou um aumento de 17% no faturamento da Cearáportos, empresa que administra o Porto do Pecém, no período de janeiro a dezembro do ano recém-findo. As exportações contribuíram com a movimentação de 989,66 mil t, enquanto nas importações foram registradas 2,37 milhões de toneladas movimentadas, com aumento de 2% no transporte de longo curso e de 15% no de cabotagem.

 

A movimentação de contêineres registrou variação positiva de 19%, com 101 mil TEUS exportados e 98 mil TEUS movimentados nas importações. As frutas contribuíram com a exportação de 306 mil t e os minérios com 214 mil, enquanto a maior movimentação nas importações ficou por conta do ferro fundido, ferro e aço com 618 mil t seguidos dos combustíveis minerais, com 615 mil toneladas.

 

Ranking

O Porto do Pecém, segundo dados da Secex – Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio permanece como líder na exportação de frutas entre todos os portos brasileiros, com participação de 47%, seguido pelos portos de Santos (13%) e Parnamirim, com 11%. O porto cearense lidera também a exportação de calçados, juntamente com o porto de Rio Grande, com percentual de 30% cada um.

Nas importações de ferro fundido, ferro e aço o Pecém é o terceiro colocado, com 17% de participação, com o porto de São Francisco do Sul em primeiro com 24 e o de Santos em segundo com 18%. O porto de Suape continua líder na importação de algodão, com 31% de participação, seguido pelo Pecém, com 24%.

06.01.2012

Assessoria de Comunicação da Cearáportos
Joseoly Moreira (joseoly@gmail.com / 85 – 9983.2525)