Governador Cid Gomes apresenta Projetos Prioritários aos jovens empresários

16 de Fevereiro de 2012

O governador Cid Gomes apresentou nesta quinta-feira (16) à Associação dos Jovens Empresários (AJE) os projetos e ações em desenvolvimento no Estado. O encontro aconteceu na  Federação das Indústrias do Ceará (Fiec) e faz parte do “Café Político” promovido pela AJE. Entre os pontos destacados pelo Governador foi o volume de investimentos do Governo do Estado realizado em 2010, que chegou a R$ 3,2 bilhões, sendo o quarto maior do Brasil em números absolutos. “E em 2011, o Ceará deverá ter o terceiro maior investimento do Brasil”, disse o Governador. Ele destacou  também o projeto Alfabetização na Idade Certa (Paic), voltado para eliminação do analfabetismo escolar nas séries iniciais do Ensino Fundamental e que será implantado em nível nacional. “O ministro da Educação, Aloízio Mercadante, me comunicou que o programa será implantado no Brasil, com a orientação do Ceará, e preservará o mesmo nome. Esse projeto obteve resultados muito rápido na melhoria da qualidade do ensino das crianças cearenses”, ressaltou Cid.     

Ele  destacou ainda construção de 140 Escolas Estaduais de Ensino Profissionalizante (EEEP), que oferece aos jovens a oportunidade de concluírem o Ensino Médio e receberem um diploma de técnico. “Das 140 escolas, 80 já foram inauguradas. Todos 184 municípios serão beneficiados com isso. E nós tivemos a preocupação de que prédio seja o maior da município, para que a ideia de que Educação deve ser uma prioridade influencie toda a população”, destacou o Governador, emendando que a maioria das EEEPs são custeadas exclusivamente com recursos do Tesouro.

Durante o encontro, Cid respondeu a perguntas dos jovens empresários.  Sobre as ações na área da economia, na avaliação dele, o Ceará não só está localizado em uma posição estratégica, como é um “Estado onde apresenta muitas boas oportunidades”, ressalta. O Governador destacou a elevação do Produto Interno Bruto (PIB). “Pela primeira vez, nos últimos 50 anos, o Ceará conseguiu superar a casa de 2% do PIB nacional. Porém, precisamos elevar a participação do agronegócio, ampliar o setor industrial, e vamos conseguir isso com a atração das industrias de base, e potencializar ainda mais o setor de serviços”, destacou.

cid_foraedentroCid fez também uma apresentação sobre a implantação da Zona de Processamento do Exportação do Ceará, que irá se instalar no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp). Segundo o Governador, a ZPE deve se consolidar com a implantação da Siderúrgica. “O processo de implantação é o mais avançado do Brasil”, ressaltou.  A Zona de Processamento de Exportação será instalada em uma área de 4.271,41 hectares. As Zonas Processamento são distritos industriais incentivados, onde as empresas neles localizadas operam com isenção de impostos e liberdade cambial (não são obrigadas a converter em reais as divisas obtidas nas exportações), com a condição de destinarem a maior parte de sua produção ao mercado externo.

Na área do Turismo, Cid deu enfoque a construção de dois equipamentos que vão mudar o perfil  do setor: o Centro de Eventos do Ceará (CEC) e Acquário, que devem consolidar o Estado como destino para o Turismo de negócios e familiar. “Essa é uma área muito importante para nossa economia e que precisa ser mais qualificada”, avaliou o Governador. “O Centro de Eventos será o mais moderno do Brasil e o Acquário o maior do Hemisfério Norte”, completou Cid Gomes. Aliada a essa política de qualificação desse potencial no Ceará, estão as melhorias da malha viária cearense e dos aeroportos regionais, com a construção dos aeroportos de Aracati, no Litoral Leste, e Jericoacoara, no Litoral Oeste. “Com isso vamos conseguir descentralizar o turismo que ainda é muito voltado para nossa Capital. Quanto às estradas, do atuais 6 mil quilômetros de rodovias, três mil foram construídos ou reformados na nossa gestão e até o fim de 2014, serão 4,5 mil quilômetros construídos e recuperados”, explicou.

Cid finalizou a apresentação detalhando as inúmeras funcionalidades do Cinturão Digital do Ceará. O CDC constitui de uma infraestrutura de 2.600 km de fibra óptica conectando 92 cidades, com cobertura inicial instalada na sede de 53 municípios, o que corresponde a 88% da população urbana do Estado. O Cinturão permite a conectividade dos cidadãos em alta velocidade. “Serviços públicos serão beneficiados com aplicações de telemedicina, educação a distância, monitoramento de cargas nas fronteiras, câmeras de vigilância, entre muitos outros”, ressaltou Cid Gomes.

A visita do Governador Cid Gomes, foi agradecida pelo coordenador Geral da AJE, Tiago Diógenes; e por Victor Ponte, coordenador Geral da Federação das Associações dos Jovens Empresários do Ceará (Fajece), por ter “inaugurado” o Projeto Café Político. Também estavam presentes os secretários da Fazenda, Mauro Filho; do Trabalho e Desenvolvimento Social, Evandro Leitão; o deputado Federal Domingos Neto, empresários e autoridades ligadas a Associação dos Jovens Empresários de Fortaleza (AJE).

 

16.02.2012

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)