Governo do Estado economiza R$ 858 milhões com processos licitatórios

29 de Fevereiro de 2012

O Governo Estadual economizou 22,03% do valor inicial previsto nas licitações no ano de 2011. Dos R$ 3.897.325.671,72 previstos no início das licitações, o Estado pagou R$ 3.038.819.749,62, o que representa economia de R$ 858.495.922,10. A economia de recursos se deu por conta do constante aprimoramento dos processos licitatórios.

 

As informações foram repassadas pela Procuradoria Geral do Estado do Ceará (PGE), que coordena, através da Central de Licitações do Estado do Ceará, todos os processos no Estado. Se for levado em conta apenas a modalidade de pregão eletrônico, a economia gerada supera 30% (30,16%) do valor inicial.

 

Segundo o Procurador Geral do Estado, Fernando Oliveira, “a orientação do governador Cid Gomes é de que, cada vez mais, o estado modernize o processo de licitação. Assim, procuramos, através de treinamento dos servidores e aperfeiçoamento dos mecanismos, dar ao povo cearense um sistema capaz de zelar pelo erário, pois a economia que é gerada transforma-se em investimentos nas mais diversas áreas do Governo. A Central de Licitações da PGE-CE tem hoje um sistema seguro, confiável e eficaz”, destaca.

 

29.02.2012

Assessoria de Imprensa da PGE

Robério Lessa (roberio.lessa@pge.ce.gov.br / 85 3459.6323 – 8766.0027)