Pré-inscrição para a Especialização em Geriatria começa nesta quinta-feira (01)

29 de Fevereiro de 2012

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), por meio da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE), inicia nesta quinta-feira (01) as pré-inscrições para o ingresso na Especialização em Geriatria. O cadastro inicial dos interessados poderá ser feito on-line, através do site da ESP-CE (http://selecao.esp.ce.gov.br). O curso tem carga horária total de 960 horas, composta de 40% de atividades teóricas (384 horas) e 60% de atividades práticas (576 horas). O público-alvo são os profissionais médicos que atuam na rede pública de saúde do Estado do Ceará.

 

O objetivo do curso é qualificar médicos para abordagem geriátrico-gerontológica do idoso nos serviços de saúde pública, atentando para os aspectos biopsicossociais do envelhecer, de forma a contribuir para a melhoria da atenção ao idoso, a redução da incidência de doenças crônico-degenerativa e fragilidade e a consolidação do envelhecimento ativo no estado do Ceará. A especialização será coordenada pelo Centro de Educação Permanente em Atenção à Saúde da ESP-CE. Mais informações poderão ser obtidas pelo fone: (85) 3101 1405.

 

Números de idosos aumenta no Ceará e no Brasil

 

Atualmente, atravessamos uma era de transição demográfica em todo o mundo, onde se verifica um crescente número de idosos. Isto, graças ao aumento da expectativa de vida, à queda das taxas de mortalidade, associado à natalidade em declínio. Apesar de tudo isso ter sido objeto de desejo de toda sociedade e alvo de vários projetos governamentais, as suas consequências tem preocupado por requererem alocações de recursos bem superiores a de outras faixas etárias.

 

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010, a população brasileira com até 25 anos de idade teve menor representatividade no quantitativo total da população no País, enquanto houve um aumento no número de pessoas idosas. Foi observado um crescimento na participação relativa da população com 65 anos ou mais, que passou de 4,8% em 1991 para 5,9% em 2000, chegando a 7,4% em 2010. O crescimento absoluto da população do Brasil nestes últimos dez anos se deu principalmente em função do crescimento da população adulta, com destaque também para o aumento da participação da população idosa.

 

O Ceará segue a tendência nacional e com a mesma expectativa de vida. Enquanto, a população de zero a quatro anos está diminuindo, a quantidade de pessoas com mais de 60 anos segue em contante aumento. A tendência é que essa proporção se mantenha. A população de idosos com 60 anos ou mais no Ceará aumentou 61% em dez anos. Dados do Censo 2010 confirmam que esse contingente etário está em 1,063 milhão de pessoas. No estado, existem apenas 18 médicos geriatras com titulação da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), e 90 médicos com capacitação em geriatria que prestam assistência à população idosa na Atenção Básica dos municípios.

 

29.02.2012

Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE

Jair Melo / Marcos Saudade (ascom@esp.ce.gov.br / 85 3101.1412 – 8849.9895)

Twitter: @espce