Pilares de sustentação da coberta do Castelão começam a ser erguidos

8 de Março de 2012

Os pilares que darão sustentação à coberta metálica do estádio Plácido Aderaldo Castelo (Castelão), em Fortaleza, começaram a ser erguidos. São 60 pórticos de aço distribuídos em torno do círculo original, que sustentarão a cobertura e também servirão para travar a estrutura de concreto para reduzir as vibrações. Com a instalação, o Castelão passa a ser o primeiro estádio do Brasil a iniciar a montagem da coberta. As obras estão sendo executadas pelo consórcio construtor, formado pelas empresas Galvão Engenharia e Andrade Mendonça.

 

A previsão é de que a instalação seja concluída no dia 20 de abril. De acordo com o gerente de contratos da obra, Waldemar Biselli, todas as peças já saíram de São Paulo, onde estão sendo montadas, com destino ao Ceará. “Os pilares são montados no próprio canteiro de obras e formados por duas peças. Juntos, somam aproximadamente 25 toneladas”, explica.

 

Os pórticos metálicos são pré-fabricados, produzidos com tubos de aço e tesouras treliçadas feitas com o mesmo material e tem até 42 metros de altura. Eles apoiarão as treliças que terão 3 metros de altura e 57 metros de comprimento. Essa cobertura ficará com cerca de 60 metros em balanço, ou seja, sem pilares de apoio, apenas suportada por tirantes metálicos. Os componentes metálicos da estrutura foram projetados em aço carbono, com pintura tipo epóxi e poliuterano, resistente à atmosfera marítima, garantindo durabilidade praticamente ilimitada.

 

pilardentro_02O secretário especial da Copa 2014, Ferruccio Feitosa, explica que a determinação do Governo Estadual é buscar o que há de mais moderno no mundo para ser implantado no Castelão, tornando aquele equipamento um patrimônio de Fortaleza, do Ceará e do Brasil.

 

Cobertura

O projeto de cobertura foi concebido com o intuito de garantir conforto ao público presente proporcionando 100% dos assentos cobertos. O tipo de cobertura com telhas trapezodais cobertas por uma camada espessa de isolante térmico com um acabamento superior de membrana TPO foi escolhido por proporcional um ótimo conforto térmico aos espectadores. Além disso, aproximadamente 20% da cobertura será em policarbonato para garantir um degradê de sombreamento, melhorando a qualidade da transmissão televisiva.

 

08.03.2012

 

Coordenadoria de Comunicação da Secretaria Especial da Copa 2014

Lisiane Linhares e Viviane Lima – 85 3264.5359 | 8778.0024 | 8724.2147

imprensa@secopa.ce.gov.br