Pregão para aquisição de tuneladoras será em abril

30 de Março de 2012

Será publicado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (30), o edital de licitação para aquisição de  quatro tuneladoras na modalidade pregão presencial a ser realizado no dia 24 de abril. Os equipamentos serão utilizados na construção da   Linha Leste do Metrô de Fortaleza, com mais de 12 quilômetros de  túneis que ligarão o Centro ao Papicu, Centro de Eventos do Ceará e  Fórum Clóvis Bevilacqua, dentre outros locais.

 

O edital contendo as características será disponibilizado no site  www.portalcompras.ce.gov.br.  A expectativa é que várias empresas  construtoras das tuneladoras do tipo EPB (Earth Pressure Balanced)  participem do pregão do tipo menor preço. Conforme o cronograma do   Governo do Estado a empresa será contratada a partir de maio, quando ela terá 20 meses a contar da ordem de serviço para entregar os equipamentos.

 

Antes de anunciar as características dos “shields”, também conhecidos  como “tatuzões”, que melhor se adequam à futura Linha Leste, o  governador Cid Gomes,  o secretário Adail Fontenele, o presidente do  Metrô de Fortaleza, Rômulo Fortes, e demais técnicos, visitaram  fabricantes e conheceram os equipamentos em pleno uso em países como  Canadá, Alemanha, Estados Unidos e Espanha.

 

O valor total da obra é de aproximadamente R$ 3,3 bilhões. Mais da  metade dos recursos, R$ 2 bilhões, já estão garantidos, sendo R$ 1  bilhão do tesouro da União e outro R$ 1 bilhão de empréstimo junto ao  Governo Federal. O anúncio foi feito pela presidente Dilma Rousseff  durante visita às obras da linha Sul do metrô, no dia 27 de fevereiro.

 

Pelo projeto serão construídas onze estações: Estação da Sé, Luiza  Távora, Colégio Militar, Nunes Valente, Leonardo Mota, Papicu, HGF,  Cidade 2000, Bárbara de Alencar, CEC e Edson Queiroz. Além dessas,  haverá integração com as linhas Oeste e Sul na estação central Chico  da Silva, totalizando doze. A distância entre cada estação será de  aproximadamente 900 metros.

 

A Secretaria da Infraestrutura é o órgão responsável pelo pedido de licenciamento da obra  junto à Semace, que terá a maior parte de seu traçado de 12,4  quilômetros de extensão subterrâneo. Uma vez concluída, seus 20 trens  elétricos levarão aproximadamente 400 mil pessoas, em um processo de  integração com as linhas Sul, Oeste, ramal Parangaba-Mucuripe e  terminais de ônibus. O objetivo da construção de uma linha subterrânea  é causar o menor impacto ao já complicado sistema de mobilidade de  algumas vias, especialmente da avenida Santos Dumont, a qual o metrô acompanhará boa parte de seu traçado.

 

Saiba mais

Além das tuneladoras o edital também prevê a aquisição de outros  itens, como correias transportadoras, responsáveis pela retirada do material, uma mistura de solo e espuma biodegradável utilizada para   facilitar o transporte do material e evitar o surgimento de poeira.
Os shields, em sua fabricação levam em conta, entre outras características, o tipo de solo a ser perfurado. No caso da linha de Fortaleza a máquina terá seis metros e noventa e cinco centímetros de diâmetro. O impacto das obras de escavação com este equipamento é praticamente  nulo, ou seja, a população a construção do túnel, que terá entre 15 e  30 metros de profundidade.

– Cada máquina abre 16 metros de túnel por dia, parando somente um dia  na semana para manutenção.

 

30.03.2012

 

Assessoria de Comunicação da Seinfra e Metrô de Fortaleza

Marcos Cavalcante/Luiz Guedes/ Márcio Teles

(85) 3216-3764/ (85) 8898-4318/(85) 3101-3445