Audiência Pública apresenta projeto da Linha Leste

27 de Abril de 2012

Um total de 23 empresas interessadas em construir a Linha Leste do Metrô de Fortaleza participaram nesta sexta-feira (27) da audiência pública que apresentou o projeto e os seus termos de licitação das obras civis. O evento foi promovido pela Secretaria da Infraestrutura (Seinfra) e contou ainda com a presença de representantes de entidades ambientais, financiadoras, concessionárias de transportes, órgãos estaduais e municipais. “Com as principais questões resolvidas, esperamos que, até o final de 2014, tenhamos  parte da linha pronta, entregando à população pelo menos o trecho entre o Centro e o bairro do Papicu”, ressaltou Adail Fontenele, secretário da Infraestrutura do Estado. Ele destacou, ainda, ser a audiência uma grande oportunidade para a população conhecer o projeto, uma das obras de maior impacto na mobilidade urbana do Estado.

O Secretário detalhou os principais pontos do projeto básico da Linha Leste, reforçando que os estudos são confiáveis e realistas e que já tiveram um de seus principais pontos resolvidos, que é a equação financeira, com a recente liberação de recursos no valor de R$ 3 bilhões pelo Governo Federal para a Linha, mediante o PAC da Mobilidade, dando a necessária segurança financeira  
para os trabalhos. O PAC da Mobilidade foi anunciado na última segunda-feira (23) pela presidenta Dilma Rousseff. O projeto do Governo foi o projeto que recebeu mais recursos no PAC da Mobilidade.

Para implantar a linha de forma mais rápida e econômica, o Governo do Estado fará a aquisição de quatro máquinas tuneladoras, cuja licitação será no dia 11 de maio. O equipamento está orçado em R$ 148 milhões. A aquisição das tuneladoras dará mais celeridade à obra e reduzir os custo. Segundo Adail Fontenele, as obras civis terão custo estimado de R$ 2,4 bilhões, cerca de R$ 150 milhões serão destinados para as tuneladoras e entre R$ 400 e 500 milhões para a terceira etapa da obra.  

Minuta do edital

 

O secretário adjunto da Seinfra, Otacílio Borges, apresentou em seguida a minuta do edital para discussão e coleta de sugestões. Foram detalhadas as principais condições para a participação na concorrência pelas empresas. Embora não seja obrigatória a participação das empresas na audiência pública, os representantes aproveitaram a oportunidade para tirar dúvidas acerca do certame que deverá ocorrer em meados de maio.

A apresentação do projeto já está disponível ao público no site da Seinfra (www.seinfra.ce.gov.br). A partir do dia 22 de maio o edital será postado no site da Secretaria do Planejamento e Gestão (www.seplag.ce.gov.br) para análise e em seguida enviado à Comissão Central de Concorrências da Procuradoria Geral do Estado (PGE) para publicação da data da licitação.

Saiba mais

A linha terá 12,4 quilometros de extensão e doze estações, que ligarão o Centro da cidade a importantes equipamentos na área leste da cidade como o Centro de Eventos, o Fórum Clóvis Beviláqua e faculdades e se integrando às linhas Oeste e Sul, ao ramal Parangaba-Mucuripe e aos terminais de ônibus. Será em maior parte subterrânea, causando, assim, menos impacto à mobilidade das vias por onde passará, como a avenida Santos Dumont. Uma vez concluída, seus 20 trens elétricos levarão cerca de 400 mil pessoas. Serão onze estações: Sé, Luíza Távora, Colégio Militar, Nunes Valente, Leonardo Mota, Papicu, HGF, Cidade  2000, Bárbara de Alencar, CEC e Edson Queiroz. Além dessas, haverá integração com as linhas Oeste e Sul na estação central Chico da Silva, totalizando doze. A concessão da Licença Prévia de Implantação da obra aguarda liberação por parte da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace).

 

Tuneladoras

 

Cada máquina tuneladora, conhecida no jargão técnico como Shields e popularmente nominado “Tatuzão”, pode escavar e montar 16 metros de túnel por dia,trabalhando 24 horas seis dias na semana – paralisando apenas um dia para manutenção. Os impactos da obra de escavação utilizando esse tipo de equipamento é praticamente nulo uma vez que cada túnel será construído entre 15 e 30 metros de profundidade.

 

27.04.2012

Assessoria de Comunicação da Seinfra

Marcos Cavalcante / Luiz Guedes (85 3216.3763/65)

Twitter: @seinfrace