Campanha da Aftosa: SDA realiza reunião no Marco

21 de junho de 2012

O secretário do Desenvolvimento Agrário, Antônio Amorim, participa nesta sexta-feira (22), de reunião com prefeitos e secretários de agricultura dos municípios da Região do Baixo Acaraú. O encontro acontecerá no município do Marco e envolverá também representantes da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ematerce) e da Agência de Defesa Agropecuária (Adagri).

 

Segundo o secretário Antônio Amorim, a Região Baixo Acaraú é uma das que apresenta os menores índices de vacinação e a reunião tem como objetivo alertar os produtores e as autoridades sobre a importância da vacinação do rebanho. Os municípios de Cruz e Jijoca de Jericoacoara apresentam os piores índices de vacinação. Criadores de Jijoca de Jericoacoara ainda não vacinaram seu rebanho ou não declararam suas vacinações. Já em Cruz, o índice de vacinação é de 0,14%, ou seja, dos 4160 animais do município, apenas 6 foram vacinados, e de 356 propriedades rurais, apenas uma vacinou. Em todo o Ceará, o índice de vacinação é de 39,53%, segundo relatório da Adagri, gerado nesta quinta-feira (21 de junho). O secretário Antônio Amorim reforça o apelo para que os criadores vacinem o rebalho.

 

“É importante que cada produtor procure a Ematerce e a Adragri, vacine o rebanho e atualize o cadastro. Nós precisamos levar esta campanha a sério para realmente conseguirmos atingir o status de zona livre de aftosa com vacinação”, apelou o secretário.

 

O Ministério da Agricultura e Pecuária que no mínimo 90% do rebanho seja vacinado. A meta do Estado do Ceará é vacinar 100%. A vacinação é um dos passos mais importantes para o que Ceará saia da zona de risco médio de febre aftosa e alcance a zona livre com vacinação, o que vai permitir abertura do comércio de animais com outros estados. Apenas Bahia e Sergipe são os Estados Nordestinos livres de aftosa. O presidente da Adagri, Augusto Júnior, informa que o investimento de na dose da vacina é de R$ 1,50 por cabeça de gado. “Ao final da campanha a Adagri vai fiscalizar as propriedades que não vacinaram, e aplicar multa de R$ 14 por cabeça. Nós não queremos multar e sim conscientizar os produtores da importância da vacina”, afirmou.

 

Sorologia

 

Cerca de 5 mil animais selecionados para não receber a vacina contra a aftosa, terão o sangue coletado para realização do exame da febre aftosa. Esta ação é a sorologia do Mapa para saber se o Ceará está realmente livre do vírus da febre aftosa.

 

Duzentas e quarenta e uma propriedades foram sorteadas. Em cada uma delas, 20 animais foram escolhidos para a colheita do sangue. Durante 90 dias os animais não podem ser vendidos ou transferidos para outra propriedade. O controle será feito através de um brinco padronizado pela Adagri.

 

Serviço

 

Reunião com prefeitos e secretários municipais do Vale do Acaraú para apresentar a Campanha de Combate à Febre Aftosa, a partir das 14 horas
Rua Governador Raul Brabosa, S/N, próximo ao Mercantil Lourenço

 

21.06.2012

Assessoria de Comunicação da SDA

Lúcio Filho (asscom@sda.ce.gov.br / 85 3101.8105 – 8897.8510)

Assessoria de Comunicação da Adagri

Amanda Sobreira (amanda.sobreira@adagri.ce.gov.br / 85 3101.8137)

Twitter: @adagri