Fórum e curso fortalecem a Rede Cegonha no Ceará de 25 a 27

25 de julho de 2012

Nos dias 25, 26 e 27 a saúde da criança e da mulher estarão em destaques na programação da Secretaria da Saúde do Estado. Nesta quarta-feira (25), ocorre o I Fórum Estadual Perinatal da Rede Cegonha, que a Sesa realiza, a partir das 14 horas, no Mareiro Hotel, Avenida Beira Mar 2380, Meireles, reunindo gestores da Sesa e dos municípios, coordenadores das regionais de saúde, e representantes de entidades de pediatria e obstetrícia e do movimento de mulheres para articular estratégias de implantação efetiva da Rede Cegonha no Ceará. Logo após a abertura do fórum, serão empossados os novos integrantes do Comitê Estadual de Prevenção do Óbito Materna e Infantil. Em seguida, o obstetra Michel Odent ministrará palestra sobre a experiência em humanização do parto no Centro de Pesquisa em Saúde Primel de Londres. Na quinta e sexta-feira, 26 e 27, Michel Odent, precursor do parto humanizado, ministrará o curso “Parto e nascimento sob o ponto de vista da saúde primal”. O curso é destinado a profissionais de saúde de hospitais e maternidades dos municípios que aderiram à Rede Cegonha – ver programações abaixo. 

 

O fórum marcará o início do processo de habilitação dos serviços integrantes das 17 Redes Cegonha no Ceará em 23 municípios do Estado. Em junho, o Ministério da Saúde aprovou recursos de R$ 229,3 milhões para o custeio da Etapa I do Plano de Ação da Rede Cegonha do Estado do Ceará. Os recursos serão utilizados para o custeio de 27 Centros de Parto Normal; 22 Casas da Gestante, Bebê e Puérpera; criação de 263 leitos de Gestação de Alto Risco; 70 leitos de UTI Adulto tipo II; 176 leitos de UTI Neonatal tipo II; 321 leitos de UCI Neonatal e 135 leitos de UCI Canguru. Também serão qualificados 203 leitos de Gestação de Alto Risco; 96 leitos de UTI adulto tipo II; 117 leitos de UTI Neonatal tipo II e 156 leitos de UCI Neonatal. Esses serviços estão previstos nos Planos de Ação da Rede Cegonha para as Regiões de Saúde do Ceará, aprovados por deliberação da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), de 3 de fevereiro deste ano.

 

A Rede Cegonha é uma estratégia do Ministério da Saúde, operacionalizada pelo SUS, fundamentada nos princípios da humanização e assistência. Mulheres, recém-nascidos e crianças têm direito a ampliação do acesso, acolhimento e melhoria da qualidade do pré-natal; transporte tanto para o pré-natal quanto para o parto; vinculação da gestante à unidade de referência para assistência ao parto; realização de parto e nascimento seguros, através de boas práticas de atenção; acompanhante no parto, de livre escolha da gestante; atenção à saúde da criança de 0 a 24 meses com qualidade e resolutividade; e acesso ao planejamento reprodutivo. É uma Rede de cuidados que assegura às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo, à atenção humanizada à gravidez, parto e puerpério e, às crianças, o direito ao nascimento seguro, crescimento e desenvolvimento saudáveis.

 

Quem é Michel Odent

 

Obstetra francês de reputação internacional, Michel Odent é conhecido por introduzir no hospital de Pithiviers na França, o conceito de sala de parto como casa e da utilização das piscinas para o parto dentro d’água. É fundador do centro de pesquisa Primal Health Research Centre, em Londres, que tem como objetivo estudar a correlação entre o que ocorre no “período primal” e a saúde e o comportamento adulto. É também autor de 12 livros publicados em 22 línguas e mais de 50 artigos científicos.

 

PROGRAMAÇÃO
I FÓRUM ESTADUAL DA REDE

 

25 de julho de 2012

14h às 14h30min – Abertura
Secretário da Saúde do Estado, Raimundo José  Arruda Bastos
Coordenadora da Copas/Sesa, Vera Maria Câmara Coêlho
Presidente do Fórum, Mariano Araújo Freitas

14h30min às 14h45min – Posse dos Membros do Comitê Estadual de Prevenção do Óbito Materno, Infantil e Fetal

14h45min às 15h10min – Situação Epidemiológica da Mortalidade Materna no Ceará
Coordenador da Coprom/Sesa, Manoel Dias da Fonseca

15h10min às 15h30min – Apresentação da Rede Cegonha – Ceará
Coordenadora da Copas/Sesa, Vera Maria Câmara Coêlho

15h30min às 16h – Estratégias para Organização do Fórum no Estado
Mariano Araújo Freitas

16h às 16h30min – Plenária e encaminhamentos para os próximos Fóruns
Presidente do Fórum, Mariano Araújo Freitas

16h30min às 17h30min – Experiência Exitosa em Humanização do Parto: Centro de Pesquisa em Saúde Primal de Londres
Médico obstetra e Diretor do Primal Health Research, em Londres, Michel Odent

17h30min – Coquetel de encerramento.

 

PROGRAMAÇÃO
PARTO E NASCIMENTO SOB O PONTO DE VISTA DA SAÚDE PRIMAL

 

26 de julho de 2012

9h às 11h – Parto e nascimento: rumo a uma mudança de paradigma.

11h às 12h – Debate

12h às 14h – Almoço

14h às 16h – Métodos não farmacológicos durante o trabalho de parto: O uso da água.

16h às 17h30min – O início da lactação

 

27 de julho de 2012

9h às 10h30min – Nutrição na gestação

10h30min às 12h – Implementando as necessidades básicas da mulher em trabalho de parto.

12h às 14h – Almoço

14h às 16h – Parto e nascimento sob o ponto de vista bacteriológico.

16h às 17h30min – As evidências científicas e o Centro de Pesquisa em Saúde Primal: como utilizar o banco de dados.

 

Palestrante

Michel Odent, médico obstetra e diretor do Primal Health Research

 

25.07.2012

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira / Marcus Sá (selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 – 8733.8213)