Cid Gomes e secretariado fazem balanço do primeiro semestre de 2012

3 de agosto de 2012

O governador Cid Gomes se reuniu nesta sexta-feira (03), no Pavilhão de Eventos da Residência Oficial,  com todos os secretários e gestores de órgãos para fazer um balanço do Monitoramento de Ações e Programas Prioritários (MAPP) do primeiro semestre de 2012. Essa foi a segunda reunião do MAPP deste ano.  “Periodicamente, nos reunimos com os secretários e passamos em revista toda a programação do ano, para fazer uma projeção mais próxima da realidade. É uma reunião de rotina, mas uma rotina importante para que uma grande ação não seja inviabilizada devido a uma questão não resolvida,  e nos reunimos para resolver essas questões”, definiu Cid Gomes.A expectativa é que os investimentos do MAPP cheguem a R$ 4,6 bilhões neste ano.

 

Entre as ações destacadas pelo Governador está a conclusão da Linha Sul do Metrô de Fortaleza até o mês de outubro;  inauguração do Hospital Regional Norte até o mês de setembro; lançamento do edital de parceria público privada (PPP) para a construção do Hospital Regional Metropolitano até o fim deste ano; duplicação das CEs 065 (de Fortaleza a Redenção ) e 085 (até Paracuru); além de obras de esgotamento sanitário, construção de moradias dos Projetos do Rio Maranguapinho, do Rio Cocó e do Dendê.

 

PLANO SAFRA 2012/2013

 

Durante a reunião, o Governador definiu a data do lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar 2012/2013, será no próximo dia 2O de agosto e a entrega de 25 mil títulos de terra. O ato vai acontecer em Morada Nova, na Região do Vale do Jaguaribe. Atualmente, a agricultura  familiar é responsável pela produção de 70% dos alimentos consumidos pelos brasileiros, responde por 38% da renda agropecuária e ainda é responsável por quase 75% da mão de obra do campo. Sobre a titulação de de terra, o Ceará é o Estado brasileiro com o maior programa em funcionamento.

 

O secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, destaca que é necessário os municípios garantir maior acesso dos agricultores familiares aos recursos do Pronaf e do crédito fundiário. “Nós precisamos capacitar os nossos agricultores para eles utilizarem os recursos disponibilizados para fazer projetos que realmente desenvolvam a nossa zona rural, e o PlanoSafra vai nos oferecer essa condição”, disse o Secretário.

 

03.08.2012

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)