Curso atualiza agentes de endemias no controle da dengue

13 de agosto de 2012

O Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Saúde do Estado, com o objetivo de preparar ainda mais os profissionais que atuam no controle do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, realiza desta terça-feira (14) a sexta-feira (17) o VIII Curso de Atualização para Agentes de Endemias. Será realizado em Redenção, com a participarão também de agentes dos municípios de Maracanaú, Guaiúba, Maranguape, Acarape, Barreira, Palmácia e Pacatuba.

 

Entre os assuntos abordados no curso, estão os métodos de controle de vetores, noções de entomologia, operacionalização das ações de campo, educação em saúde e mobilização social. Os instrutores são técnicos do Núcleo de Controle de Vetores da Coordenadoria de promoção e Proteção à Saúde da Sesa e ainda da 3º Coordenadoria Regional de Saúde.

 

O curso em Redenção faz parte de um calendário de treinamentos e capacitações que a Secretaria da Saúde do Estado realiza durante o ano inteiro. Já tem um programado para o período de 20 a 24 deste mês na região do Cariri. A ideia é mobilizar e treinar de forma permanente os agentes de endemias para o enfrentamento constante da dengue. Como endemia, a dengue está presente o ano todo. Mesmo em meses com registro de menos casos, como em julho e agosto no Ceará, o alerta contra o mosquito não pode parar.

 

Prevenção

 

O trabalho de prevenção deve ser permanente tanto para os profissionais, gestores da saúde como a população. Manter os depósitos que acumulam água, como tinas, baldes, potes e, principalmente caixas d’água bem fechados deve ser uma ação de rotina. Nunca jogar lixo nas vias públicas também deve ser um hábito. Assim, o mosquito Aedes aegypti não encontra condições para por os ovos e não se reproduz. Como resultado, não ameaça a saúde da população.

 

13.08.2012

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira / Marcus Sá (selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 – 8733.8213)