Metrô de Fortaleza: 150 mil usuários em dois meses de operação assistida

14 de agosto de 2012

Em 15 de junho deste ano, o primeiro trecho da linha Sul do Metrô de Fortaleza foi entregue à população, contando com 12 estações que ligam os municípios de Fortaleza, Maracanaú e Pacatuba. Desde então, teve início a fase de teste do projeto, chamada de operação assistida, na qual os usuários tem acesso gratuito ao novo equipamento de segunda a sexta-feira, no horário de 08 horas as 12 horas. Nesses dois meses de funcionamento, mais de 150 mil pessoas usufruíram do transporte, sendo o mês de julho, em razão das férias escolares, o mais movimentado, com uma média de 4.000 passageiros por dia.

 

A qualidade do serviço, que teve investimento de R$ 1,8 bilhão, tem sido comprovada nas 26 viagens diárias realizadas em cerca de 20 minutos pelos três Trens Unidade Elétrica (TUEs) do metrô entre a estação de Parangaba, em Fortaleza, e a Carlito Benevides, em Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). De acordo com o presidente da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos, Rômulo Fortes, em breve a via estará completamente concluída, se estendendo até o Centro da capital. “Vamos ter o metrô em operação assistida até o fim deste ano e ano que vem, com certeza no segundo semestre, a gente entra em operação comercial com ele completo”, garante o titular da empresa.

 

Para chegar a essa meta, ainda é necessária a eletrificação do trecho que vai de Parangaba ao Centro. Neste percurso, o metrô passará por mais oito estações que ainda não foram inauguradas. Duas delas, a Juscelino Kubitschek e a Padre Cícero, foram incluídas nas obras da Copa 2014, estando em fase de cravação de estacas e escavações. Na estação José de Alencar, penúltima antes do final da linha, já foi concluído o mezanino e está se iniciando a armação de concretagem de laje de forro. A última estação da via, a Chico da Silva, tem o concreto pronto e está sendo feito o assentamento do granito do piso, além dos acabamentos em verniz.

 

Estações da Linha Sul

 

Estações em operação assistida desde 15 de junho: Carlito Benevides (antiga Vila das Flores), Jereissati, Maracanaú, Virgílio Távora (antiga Novo Maracanaú), Raquel de Queiroz (antiga Pajuçara), Alto Alegre, Aracapé, Esperança (antiga Conjunto Esperança), Mondubim, Manoel Sátiro, Vila Pery e Parangaba.

 

Estações que ainda não foram inauguradas: Juscelino Kubitschek (antiga Montese), Couto Fernandes, Porangabussu, Padre Cícero, Benfica, São Benedito, José de Alencar (antiga Lagoinha) e Central – Chico da Silva.

 

14.08.2012

Assessoria de Imprensa do Metrofor

Luanna Patrícia (85 3101.7115 – 85 8833.0407)