Saúde: Cursos capacitarão profissionais do SUS no Ceará

14 de agosto de 2012

Três novos cursos de especialização voltados para capacitar profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) terão início neste mês, numa parceria da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE) e Hospital Sírio Libanês. Focadas em três eixos – Gestão da Clínica nas Regiões de Saúde, Regulação em Saúde e Educação na Saúde para preceptores do SUS – as especializações serão lançadas, em âmbito nacional, no dia 22 de agosto, através de solenidade e de vídeoconferência transmitida para todo o Brasil.

Segundo Ivan Coelho, gestor de aprendizagem do Hospital Sírio Libanês, a realização das especializações é um fruto de parceria entre o Hospital Sírio Libanês e o Ministério da Saúde, com o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Saúde – CONASS, do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde – CONASEMS, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa e de instituições de ensino. No Ceará, a ESP-CE foi escolhida como parceira para viabilizar a operacionalização dos cursos, que terão aulas presenciais e videoconferências.

A iniciativa desse projeto educacional é capacitar 10 mil profissionais em todo o Brasil. No Ceará, os cursos terão um foco regional, contemplando profissionais dos municípios de Fortaleza, Aquiraz, Itaitinga e Eusébio. Cada especialização, com carga horária de 400 horas, contará com 48 alunos, beneficiando um total de 144 profissionais de diferentes áreas de saúde que atuam no SUS, no Ceará.

Projeto
As especializações estão inseridas no projeto “Gestão da Clínica no SUS”, aprovado pelo Ministério da Saúde. O projeto é uma estratégia com um conjunto de iniciativas voltadas à constituição e fortalecimento de regiões de saúde e redes de atenção à saúde: ampliação do acesso, humanização e integralidade do cuidado à saúde; articulação de processo de formação, atenção e desenvolvimento tecnológico em cenários do SUS; e disseminação de ferramentas e dispositivos da gestão da clínica para a melhoria da eficiência, eficácia e efetividade dos serviços de saúde, com qualidade e segurança.

Com abrangência nacional, o projeto vai envolver 70 regiões de saúde no Brasil. Nesta primeira edição, que acontece a partir deste mês, serão contempladas 10 regiões de saúde: Aracaju, Belém, Campo Grande, Florianópolis, Fortaleza, João Pessoa, Maceió, Manaus, Natal e Vitória. As outras 60 regiões serão definidas na segunda e terceira edições do projeto.

Cursos e objetivos
O Curso de Especialização em Gestão da Clínica nas Regiões de Saúde tem como objetivo contribuir para melhorar a atenção à saúde no SUS, por meio da capacitação de profissionais em gestão da clínica orientada à compreensão sobre as modelagens de atenção à saúde e a utilização de ferramentas e dispositivos de gestão da clínica, visando ampliar a integralidade do cidadão.

O Curso de Especialização em Regulação em Saúde no SUS visa a contribuir para a melhorar a atenção à saúde no SUS, com ênfase na qualificação da regulação, por meio da capacitação de profissionais, orientada à compreensão sobre a política e a utilização de ferramentas e dispositivos de regulação, visando a ampliar o acesso e a integralidade do usuário.

Já o Curso de Especialização em Educação na Saúde para Preceptores do SUS tem como finalidade contribuir para capacitar profissionais em educação na saúde para exercerem preceptoria no SUS, expandindo suas capacidades na dimensão educacional de modo que favoreçam a aprendizagem e a produção de novos conhecimentos no SUS.

14.08.2012

Assessoria de Comunicação e Marketing e Assessoria de Desenvolvimento Institucional
da ESP-CE
Marcos Saudade e Amanda Peixoto
Website: www.esp.ce.gov.br
Twitter: twitter.com/espce
Fone/Fax: (85) 3101.1412