Prevenção é educação: Castelão recebe manifesto pelo trabalho seguro

17 de agosto de 2012

A maior quantidade de acidentes de trabalho acontece no ramo da construção. Nesse intuito, o Tribunal Superior do Trabalho (TST), por meio do programa Trabalho Seguro, realizou nesta sexta-feira (17) um manifesto pelo trabalho seguro na Indústria da Construção, no Estádio Castelão. “É uma justiça que sai dos tribunais e vai às ruas para ver a  real situação dos trabalhadores. Até a presente data, não houve nenhum acidente fatal nesta obra e vamos fazer de tudo para entregá-la daqui a três meses e meio da mesma forma”, afirmou o governador Cid Gomes.

 

O evento busca promover ações concretas e permanentes de prevenção, a fim de reduzir acidentes de trabalho. “O trabalhador seguro trabalha mais e melhor. A grande maioria dos acidentes de trabalho podem ser evitados com a prevenção e o manuseio correto de equipamentos. Para fazer ainda melhor esse magnífico estádio, precisamos de uma capacitação mínima de trabalhadores. Prevenção é educação”, afirmou o ministro do TST, João Oreste Dalazen.

 

Cid_CasteloNa ocasião, os trabalhadores assistiram a palestras e vídeos, receberam kits com cartilha, boné e camiseta, e participaram de sorteios de camisas oficiais da seleção brasileira, de times locais e diversos brindes. Para o cantor Fagner, que na solenidade cantou músicas em homenagem aos operários, “essa é uma obra que vai dar orgulho para cada um desses trabalhadores. Ao finalizar a modernização do Estádio, vamos fazer uma festa para comemorar com cada um que tornou isso possível”.

 

Estiveram presentes na solenidade, o secretário do Esporte, Gony Arruda; o secretário adjunto especial da Copa, Osterne Feitosa; o ex-jogador Careca; o presidente do Sintepav-CE, Raimundo Nonato Gomes; e mais jogadores e autoridades do ramo da construção.

 

Arena Castelão

 

Cid_Castelo2A obra de modernização do Castelão já chegou a gerar mais de 2 mil empregos diretos e conta atualmente com cerca de 1.600 colaboradores. Ao todo, são cerca de vinte meses em obras sem registrar acidentes graves.  Com mais de 83% de conclusão, a Arena segue com a obra mais avançada dentre as doze sedes da Copa do Mundo da FIFA Brasil de 2014™.  A previsão é que o Castelão fique pronto em dezembro deste ano, quando se tornará o maior do Norte/Nordeste e figurará entre os quatro maiores do País. Ao todo, nove jogos já estão confirmados. Em 2014 serão seis disputas, onde três jogos serão com seleções cabeças de chave, destacando-se a Seleção Brasileira. Já na Copa das Confederações da FIFA 2013, três jogos terão o Castelão como palco, sendo dois com seleções cabeça-de-chave, dentre elas o Brasil, e uma semifinal.

 

No total, estão sendo investidos recursos da ordem de R$ 518,6 milhões que incluem todas as transformações do estádio e entorno com a construção da praça de acesso de 57 mil metros quadrados; estacionamento coberto para 1.900 veículos; edifício Fares Cândido Lopes, sede de dois órgãos estaduais; e a operação do estádio por oito anos, que irá cobrir todas as despesas com água, telefonia, esgoto e pessoal de manutenção e conservação.

 

Cid_Castelo4  Cid_Castelo5

 

17.08.2012

Coordenadoria de Comunicação do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)