Governador abre Fórum Regional de Educação Profissional nesta sexta-feira (21)

20 de setembro de 2012

Com a palestra “O desenvolvimento do Ceará e a política de Educação Profissional”, o governador Cid Gomes abrirá nesta sexta-feira (21),  às 9 horas, em Sobral, o I Fórum Tecnológico Regional de Educação Profissional. Realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), o Fórum é promovido pelas Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Crede) de Acaraú, Camocim, Crateús, Sobral e Tianguá. A abertura será na Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Lysia Pimentel Gomes e contará com a presença do secretário executivo da Seduc, Idilvan Alencar.

O evento pretende ser um espaço institucional destinado à disseminação de experiências, de projetos e trabalhos científicos de estudantes, professores e gestores, com o objetivo de garantir o diálogo com temas como aprendizagem cooperativa, mercado de trabalho para a juventude e empreendedorismo no ensino médio.

Os seis seminários temáticos começam a partir das 13 horas, em diversos espaços na cidade para melhor atender ao público de aproximadamente 1.200 pessoas, entre estudantes e profissionais da educação das cinco Credes. O secretário do Turismo do Estado, Bismark Maia, é um dos palestrantes convidados e falará sobre “ O turismo e o desenvolvimento do Ceará”. Esse momento também ocorrerá na Escola Lysia Pimentel.

Além dos seminários, estão programadas 17 oficinas sobre os mais diferentes assuntos. O aluno poderá aprender, por exemplo, como se faz um Mangá – histórias em quadrinhos no estilo japonês, um foguete ou ainda conhecer o cenário da “Mineração e o campo de atuação no Ceará e no Brasil”, tema que será abordado pelo chefe de mineração da Fábrica de Cimentos do Grupo Votorantim, Daniel Aguiar.

Criada em 2008, a rede estadual de educação profissional conta com 88 escolas implantadas em todo o Estado. Até o final do ano, serão 95 com a matrícula de 31 mil jovens. Nas Credes de Acaraú, Camocim, Crateús, Sobral e Tianguá são 19 unidades. O objetivo das EEEPs é a formação profissional técnica integrada à educação básica, tendo em vista a inserção qualificada dos jovens no mundo do trabalho. Durante o terceiro ano, o Governo do Estado propicia o acesso ao estágio curricular obrigatório e remunerado. É nesse período que o estudante vai aprimorar suas habilidades, atitudes e competências individuais.

20.09.2012

Assessoria de Imprensa da Seduc
Jacqueline Cavalcante – jacquelinec@seduc.ce.gov.br
85 3101.3972