Recursos para desenvolvimento agrário são aprovados pelo Fida

21 de setembro de 2012

O Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida) aprovou nesta sexta-feira (21), em sua sede, em Roma, na Itália, o empréstimo de US$ 40 milhões para o Estado do Ceará investir no Projeto Paulo Freire, que será executado pela Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA). A contrapartida do Estado é do mesmo valor, o que totaliza US$ 80 milhões.

 

O secretário Nelson Martins informou que já foram aprovados pelo Governo Federal o acordo de garantia e o contrato de financiamento. A Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) estão analisando documentos referentes à situação financeira e econômica do Estado do Ceará para o pedido de empréstimo ser encaminhado à Casa Civil da Presidência da República. “Acreditamos que o Governo Federal envie mensagem ao Senado até o final deste mês”, afirmou o secretário. No Senado, a matéria tem que passar por duas votações, na Comissão de Assuntos Econômicos e no Plenário. “Até o início de dezembro, o Estado do Ceará e o FIDA devem assinar o contrato para que os recursos sejam liberados”, completou.

 

O Projeto Paulo Freire vai investir US$ 80 milhões no desenvolvimento de capacidades e em projetos produtivos no semiárido cearense. O dinheiro será aplicado entre os anos de 2013 e 2019, em ações para reduzir a pobreza rural no semiárido cearense no âmbito agrícola e não agrícola, com foco principal em jovens e mulheres. O Estado terá 18 anos para pagar o empréstimo e ainda terá 3 anos de carência.

 

Serão atendidos pelo Projeto Paulo Freire 31 municípios cearenses com os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH), nos territórios do Cariri Oeste, Inhamuns-Crateús, Sobral e Vales do Curu-Aracatiaçu, beneficiando diretamente 60 mil famílias com ações de capacitação para que as famílias aumentem as suas produções e possam gerir os seus negócios. “O projeto Paulo Freire irá trabalhar no Ceará e tem como objetivo prover mais de 60 mil famílias pobres rurais com instrumentos, treinamento e investimentos produtivos necessários para que possam superar a pobreza”, afirmou o gerente de Programas do FIDA para o Brasil, Ivan Cossio.

 

21.09.2012

 

Assessoria de Comunicação da SDA

Lúcio Filho – (85) 3101.8105 | 8897.8510

lucio.filho@sda.ce.gov.br | asscom@sda.ce.gov.br

Twitter: @ImprensaSDA

Cícero Lacerda – estagiário de Jornalismo

cicero.lacerda@sda.ce.gov.br