Hemoce promove encontro de doadores de Rh negativo neste sábado (20)

19 de outubro de 2012

9,6 por cento dos  doadores de sangue no Hemoce possuem Rh negativo. Só que é preciso aumentar o efetivo para atender as demandas diárias por esse fator sanguíneo, que na capital são de 69 bolsas por dia, e de 110 bolsas de toda a hemorrede da Secretaria da Saúde do Estado, formada também pelo Hemoce do Crato, Juazeiro do Norte, Iguatu, Quixadá e Sobral.

Neste sábado, 20, com a ideia de sensibilizar para a importância e necessidade da doação regular, o Hemoce promoverá o V Encontro do Clube Rh negativo. O encontro será das 8 às 12 horas, na sede do Hemoce na capital, Avenida José Bastos.

Durante o encontro, além de mobilizar para que as doações tornem-se regulares para manter o estoque ideal, o Hemoce cuidará da saúde dos doadores, que receberão informações e orientações sobre hepatite e as consequências do alcoolismo e tabagismo na saúde e na qualidade de vida. Cerca de 200 doadores estão cadastrados no do Clube Rh negativo, que foi criado pelo Hemoce há dois anos.

Fator Rh

O agente Rh é uma proteína sanguínea que pode ou não estar no sangue humano. Quando está presente, a pessoa possui Rh positivo. Quando não está presente a pessoa tem Rh negativo. Na internet, o médico Drauzio Varela alerta para a eritroblastose fetal, doença hemofílica causada pela incompatibilidade do sistema Rh do sangue materno e fetal: “ela se manifesta quando há incompatibilidade sanguínea referente ao Rh da mãe e feto, positivo. Quando isso acontece durante a gestação a mulher produz anticorpos anti-Rh para tentar destruir o agente Rh do feto, considerado intruso. Uma vez produzidos, esses anticorpos permanecem na circulação da mãe”. E observa: “caso a mulher volte a engravidar de um bebê com Rh positivo, os anticorpos produzidos na gravidez anterior destroem as hemácias (glóbulos vermelhos do sangue) do feto. Para compensar essa perda, são fabricados mais hemácias, que chegam imaturas ao sangue e recebem o nome de eritroblastos”.

19.10.2012

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221 / 8733.8213)
Twitter: @SaudeCeara