Ceará garante o 9º lugar no quadro de medalhas das Paralimpíadas Escolares

22 de outubro de 2012

As disputas das Paralimpíadas Escolares foi um verdadeiro sucesso para os paraatletas cearenses. A atleta Ana Raquel Freire, no finalzinho das disputas da Natação, conquistou mais duas medalhas. Ouro nos 100m livres e bronze nos 100m costa. Com esses dois resultados, o Ceará ficou em 1º lugar do Nordeste na classificação.  Nossos heróis, com 40 medalhas, sendo 20 de ouro, 8 de prata e 12 de bronze, conseguiram chegar ao 9º lugar no quadro de medalhas.

 

Os bons frutos colhidos pelos guerreiros cearenses, 40 medalhas, foi superior ao ano passado, quando os paraatletas conquistaram 32 medalhas no total. Um dos destaques da competição nacional em 2012 foi a atleta da Natação Rochelle da Silva, que garantiu a medalha de ouro nos 50m livres classe B S10 e ainda bateu o recorde brasileiro com 31s71. No Atletismo, Maria Pamela ganhou três medalhas de ouro no salto em distância, nos 100 e nos 400m. Já o mesa-tenista Lucas Dourado ganhou a prata e ainda participou do Projeto de Detecção de Talentos do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) para os Jogos Panamericanos Juvenil 2013 em Buenos Aires.

 

Paralimpíadas Escolares

Considerada a maior competição mundial para atletas com deficiência em fase estudantil, as Paralimpíadas Escolares, organizadas pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), promovem a inclusão social, a saúde, além de ser um grande celeiro de atletas que encontram no esporte uma forma de exercer sua cidadania. Os participantes são alunos com deficiência física, visual ou intelectual, com faixa etária entre 12 e 19 anos, matriculados em escolas do ensino fundamental, médio ou especial.

 

22.10.2012

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria do Esporte do Estado

Manuella Viana / Isaac Araújo (85) 3101-4415

imprensa@esporte.ce.gov.br