Encontro discute experiências e projetos ambientais

25 de outubro de 2012

Discutir experiências e projetos ambientais para fomentar a construção de novas políticas públicas. Essa é a proposta do II Encontro Cearense de Educação Ambiental, que começou nesta quinta-feira (25), no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU). Durante dois dias, serão organizados painéis com foco em políticas públicas ambientais, direitos humanos, agroecologia, caatinga, educação e consumo.

O secretário executivo do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (Conpam), Iraguassu Teixeira Filho, integrou a mesa de abertura do evento. Iraguassu destacou a necessidade de que fóruns sobre educação ambiental sejam fortalecidos. “A responsabilidade não é somente dos governos. A sociedade precisa estar engajada. Por isso, é necessário estender a discussão sobre desmatamento, seca, queimadas e falta de saneamento”, diz. Segundo ele, a discussão é “complexa” e deve ter em vista a “harmonia entre o social, meio ambiente e desenvolvimento econômico”, destacando o papel do Conpam nas ações de educação ambiental.

A coordenadora do núcleo de Projetos Especiais do Conpam, Tereza Farias, também participa hoje do II Encontro Cearense de Educação Ambiental. A partir das 15h, ela fará parte do painel “Bioma Caatinga e Sustentabilidade”, ao lado de representantes da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH) e Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece).

O evento é realizado pela Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental no estado (CIEA), composta por entidades do Poder Público (Alce, Conpam, Ibama, Incra, Seduc, Sesa, SRH, Semam, Semace) e universidades (Uece, UFC e Unifor), além de instituições ambientalistas e sociedade civil (ABES, Aroeira, CENAPOP, Coelce, CRBIO, Crea/CE, Fiec, GIA e OAB/CE).

 

25.10.2012

Assessoria de Comunicação do Conpam
Elizabeth Rebouças
Marcello Soares- estagiário
31011235- 88482022