PAC 2: Cagece apresenta projetos no valor de R$ 132 milhões

26 de outubro de 2012

A Cagece inscreveu novos projetos visando à seleção de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2). Os projetos cadastrados, se selecionados, viabilizarão investimentos de R$ 132.388.267,08 em sistemas de água e esgoto de Fortaleza e do Interior, atendendo cerca de 31 mil ligações prediais.

 

A seleção será feita pelo Ministério das Cidades (MCidades) e os recursos são originados do Orçamento Geral da União – OGU, vinculados ao PAC2. O MCidades fará o enquadramento e a análise das propostas para em seguida divulgar uma pré-seleção. Em seguida, os proponentes apresentarão cada projeto pré-selecionado diretamente aos técnicos do Ministério, para aprofundamento da análise e posterior seleção dos projetos.

 

Em Fortaleza, os projetos contemplam ampliações do sistema de esgotamento sanitário na comunidade do Planalto Palmeira, no entorno da Lagoa do Opaia, no Conjunto São Cristóvão, na sub-bacia do Rio Siqueira SE 1 e nas sub-bacias do Rio Cocó CD 1, CD 2 e CD3.

 

A ampliação de rede de esgoto nas sub-bacias CD 1, CD 2 e CD 3 prevê um recurso de R$ 65,9 milhões. Já a obra da SE 1 necessita de R$ 26,6 milhões. No conjunto habitacional São Cristóvão, a Companhia pleiteia R$ 14,8 milhões. Na Lagoa do Opaia, a obra de esgoto está orçada em R$ 2,6 milhões. Enquanto no Planalto Palmeira, o valor será de R$ 1,2 milhão.

 

Já no interior, a Cagece prevê contemplar o distrito de Taíba em São Gonçalo do Amarante com a ampliação do abastecimento de água, Cascavel com uma nova estação de água e a sede de Caucaia com a ampliação do sistema de água. O distrito de Taíba, caso o projeto seja contemplado, será beneficiado com uma obra de R$ 11,7 milhões. Para Cascavel, está previsto um valor de R$ 5,4 milhões e, para Caucaia, R$ 4,1 milhões.

 

26.10.2012

 

Assessoria de Imprensa da Cagece

Sabrina Lemos (sabrina.lemos@cagece.com.br – 85 3101.1826/ 8878.8932)