Saúde bucal estrutura serviços para pessoas com deficiência

9 de novembro de 2012

A Secretaria da Saúde do Estado realizará na segunda-feira (12), das 8 horas às 12 horas, no auditório Waldir Arcoverde, Avenida Almirante Barroso, 600, Praia de Iracema, reunião para Planejamento e Discussão da Atenção à Saúde Bucal a Pessoas com Deficiência, com base na criação da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência, instituída pelo Ministério da Saúde. Durante a reunião, o Núcleo de Atenção à Saúde Bucal da Sesa apresentará a sistemática de funcionamento do Centro Cirúrgico do Centro de Especialidades Odontológicas de referência estadual CEO Centro, que está se preparando para a partir de dezembro iniciar o atendimento às pessoas deficientes. Também será lançado o Curso de Atualização em Atenção e Cuidado a Pessoa com Deficiência, que será realizado pela Secretaria da Saúde do Estado em parceria com o Ministério da Saúde e municípios.

 

A Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência objetiva garantir o atendimento odontológico integral e qualificado a todos os portadores de deficiência. O atendimento é iniciado na atenção básica, pelas equipes de saúde bucal, e referenciado para o nível secundário (CEOs) ou terciário (atendimento hospitalar), nos casos de maior complexidade. Para as unidades participantes da Rede, o Ministério da Saúde estabeleceu incentivos que variam de R$ 1.650,00 a  R$ 3.850,00 mensais. Para receber o incentivo, os CEOs devem cumprir, entre outras exigências, 40 horas semanais, no mínimo, para atendimento exclusivo a pessoas com deficiência, manter profissionais de saúde bucal capacitados para o atendimento odontológico de pessoas com deficiência e garantir condições de acessibilidade e mobilidade nas instalações da unidade. A Secretaria da Saúde do Estado já solicitou a adesão de 25 CEOs regionais e estaduais, inclusive aqueles que estão para ser inaugurados. As primeiras adesões deverão ser confirmadas já em dezembro, com a liberação do incentivo.

 

A atenção especializada é garantida pelos Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs regionais). O Ceará conta, atualmente, com 86 CEOs estaduais, regionais e municipais, a segunda maior rede pública de atenção à saúde bucal do país, menor apenas que a do estado de São Paulo, segundo o Ministério da Saúde. Na rede estadual, além dos CEOs localizados em Fortaleza – CEO Centro, CEO Rodolfo Teófilo, CEO Joaquim Távora –, o Governo do Estado já entregou 13 CEOs regionais em Juazeiro do Norte, Baturité, Acaraú, Sobral, Camocim, Ubajara, Russas, Brejo Santo, Caucaia, Crato, Crateús, Itapipoca e Limoeiro do Norte, e serão inaugurados outros cinco em Cascavel, Canindé, Icó, Maracanaú e Quixeramobim.

 

Como unidades especializadas, que realizam serviços de periodontia, endodontia, instalação de próteses, os três CEOs estaduais na capital recebem pacientes encaminhados pelas equipes do Programa Saúde da Família (PSF) do município. A exceção são os casos de emergência. No CEO Centro e no CEO Joaquim Távora funciona sem parar, inclusive nos finais de semana e feriados, o serviço de emergência 24 horas.

 

Nos CEOs regionais que já funcionam no Interior do Estado, o encaminhamento de pacientes é feito pelas secretarias municipais de saúde, a partir da solicitação de consultas e exames feitas na atenção básica. No agendamento, o paciente escolhe data e horário para a consulta ou exame, de segunda a sexta-feira, de acordo com a disponibilidade de vagas. A distribuição de vagas para atendimento é proporcional à população de cada município da região de saúde.

 

Participarão da reunião de segunda-feira os diretores os 86 CEOs do Ceará (municipais, regionais e estaduais), do Hospital Waldemar de Alcântara, cirurgiões-dentistas que realizam atendimento  a pacientes com necessidades especiais, representantes de associações de pacientes com deficiência e coordenadores dos cursos de Odontologia da Universidade Federal do Ceará em Fortaleza e Sobral, da Unifor e da Faculdade Católica Rainha do Sertão, em  Quixadá.

 

09.11.2012

Assessoria de Comunicação da Sesa

Selma Oliveira / Marcus Sá (selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 – 3101.5221 – 8733.8213)

Twitter: @SaudeCeara