X Bienal Internacional do Livro segue até dia 18 no Centro de Eventos do Ceará

9 de novembro de 2012

Com ampla programação cultural e diversas ações de incentivo à leitura, foi aberta oficialmente, na noite desta quinta-feira (08), no Centro de Eventos do Ceará, a X Bienal Internacional do Livro do Ceará. A solenidade foi apresentada pela atriz Maitê Proença. O evento contará com palestras, mesas redondas, shows musicais, bate-papos com escritores, lançamentos de livros, colóquios, dentre outras atrações. O secretário da Cultura do Ceará, professor Pinheiro, enfatizou que o grande foco do evento são os jovens estudantes. “Estamos preocupados em construir novos leitores. A bienal foi feita pensando em espaços próprios para a juventude. Esperamos que o evento seja um momento de encontro de jovens”, disse. Para o secretário, o estado está caminhando no caminho certo do incentivo à leitura. “O Ceará é o estado que possui mais bibliotecas públicas. Devemos pensar no Brasil como um país de grandes leitores”, concluiu.

 

Nesta edição, a Bienal Internacional do Livro do Ceará presta uma homenagem a ilustres nomes da literatura nacional e internacional, como: o nigeriano Wole Soyinka, ganhador do Nobel de Literatura 1986; o cearense Rafael Sânzio de Azevedo, Doutor em Letras pela UFRJ, com tese sobre “A Padaria Espiritual e o Simbolismo no Ceará”, e membro da Academia Cearense de Letras, onde ocupa a Cadeira nº 1, cujo patrono é Adolfo Caminha; e o norte-riograndense José Cortez, ex-lavrador, que saiu do sertão e, através da literatura, se tornou um dos principais editores do Brasil, tendo fundado a Editora Cortez. Além desses, também será homenageada (post mortem) a escritora e abolicionista Francisca Clotilde, contemporânea da Padaria Espiritual, que completaria 150 anos de vida em 2012.

 

Seguindo a programação de abertura, um público de mais de 2,5 mil pessoas pôde conferir o primeiro show musical da bienal, com a cantora Gal Costa. Outras atrações já confirmadas são:  o cantor, compositor e escritor Humberto Gessinger (Engenheiros do Havaí), no dia 11, às 21 horas; o grupo Teatro Mágico, no dia 16, às 20 horas; o cantor e compositor Zeca Baleiro, no dia 17, às 20 horas; e o grupo Palavra Cantada, no dia 18, às 16 horas. A distribuição dos ingressos para todos os shows acontece cinco horas antes do início de cada apresentação em um posto localizado dentro da Bienal. A entrada do público acontece por ordem de chegada e estará sujeita à lotação do espaço.

 

Também estão confirmadas também as presenças para encontros e bate-papos com os visitantes e para lançamentos de livros os escritores Thalita Rebouças, Márcia Tiburi, Ignacio de Loyola Brandão, Ana Miranda, Lira Neto, Flávio Paiva, Luiz Tatit, Tony Bellotto, Benjamim Abdala, Carlos Conce e Ricardo Kelmer.

 

O funcionamento da bienal acontece até o dia 18 de novembro, das 9 horas às 22 horas, com expectativa de receber um público de cerca de 600 mil pessoas. A 10ª edição do evento está três vezes maior, ocupando uma área total de 23 mil m2 de área utilizada, aumentando em 40% a área de estandes e em 100% a área de circulação e de acessos em relação à edição anterior.

 

Segundo o professor Pinheiro, são esperados cerca de 50 mil estudantes das escolas de ensino fundamental e médio do Ceará. O secretário enfatizou que a secretaria da Cultura promove o estímulo pela leitura no evento, com a distribuição da Notinha Legal, no valor de R$ 10,00 (dez reais), com a qual as crianças das escolas públicas e comunitárias poderão comprar livros no evento. Serão 20 mil notinhas, totalizando R$ 200 mil em incentivo aos alunos da rede pública de ensino, que concorrerão às notinhas por meio de edital ainda a ser lançado e que terá a Bienal como tema. Já os professores das escolas públicas e os alunos de escolas profissionalizantes serão beneficiados com o CardLivro, cartão de crédito para aquisição de livros.

 

Participaram da abertura o secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, René Barreira, o presidente do Instituto de Arte e Cultura do Ceará (IACC), Paulo Linhares, o secretário executivo do Turismo, Marcos Pompeu de Sousa, o presidente do Conselho Estadual de Educação, Edgar Linhares e os deputados Tim Gomes e Artur Bruno.

 

09.11.2012

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)