Cid Gomes reúne secretariado e define ações para 2013

22 de novembro de 2012

O governador Cid Gomes se reuniu nesta quinta-feira (22), na Residência Oficial, com os secretários estaduais e diretores de órgãos e vinculadas para a avaliação do Monitoramento de Ações e Programas Prioritários (MAPP).  A expectativa é que até o fim deste ano haja um incremento na execução do MAPP, que tem o montante previsto de  R$ 4,7 bilhões neste ano de 2012. “Algumas ações, como o Luz para Todos, tem acréscimo na execução em dezembro. Há uma outra ação, que é a aquisição dos trens de Fortaleza, para a Linha Sul, que são etapas para o fim do ano. O Castelão também terá uma etapa grande para ser feita no final do ano. Então tudo isso deverá alterar o percentual de execução”, exemplificou o Governador.

 

Ele explica também que as reuniões de avaliação do MAPP acontecem periodicamente e  são importantes para que as previsões estejam mais próximas do que vai acontecer na prática. “Isso significa que a gente tem que ver as receitas, programar os orçamentos seguintes e acompanhar as ações  que estavam programadas para execução este ano”, explicou o Governador. A reunião do MAPP continua nesta sexta-feira, às 9 horas, na Residência Oficial.

 

Inaugurações

Outro projeto avaliado durante o encontro foi a construção da nova Estação de Tratamento de Água Oeste (ETA Oeste), localizada em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, e que receberá investimento de R$ 290 milhões. Na ocasião Cid Gomes marcou a data de inauguração da primeira etapa da ETA-Oeste, que acontece no dia 24 de dezembro de 2012, às 9 horas.

 

A nova estação vai permitir que Fortaleza tenha seu aporte hídrico acrescido, o que beneficiará aproximadamente 1,2 milhão de pessoas em toda a Capital. “Com a obra vamos duplicar em 100% o aporte de água bruta e aumentar em 50% o aporte de água tratada. Com isso vamos equacionar de vez esse problema de falta de água na Região Oeste e em todo o município de Caucaia”, destacou.

 

Em sua primeira etapa a ETA vai operar com uma capacidade de 700 litros de água por segundo, podendo chegar até um total de 1.500 l/s. Além da Região Oeste, diversos bairros do Norte que sofrem com dificuldades no abastecimento também serão beneficiados.

 

Cid Gomes também anunciou a inauguração do Hospital Regional Norte. O dia 18 de janeiro de 2013, vai marcar a entrega do maior hospital de urgência e emergência do Interior do Nordeste. Com 57 mil metros quadrados de, o HRN vai assistir a população de toda a macrorregião Norte, num total de 1,5 milhão de habitantes dos 55 municípios. Em sua estrutura de assistência, terá 382 leitos. Desse total, 199 exclusivamente para internação. O número de leitos de UTI que a população da macrorregião Norte passará a ter com o novo hospital chega a 70, que somados aos 30 semi-intensivos da Unidade de Pediatria sobe para 100 leitos.

 

O novo Hospital terá capacidade para realizar 60 cirurgias por dia e até 1.300 internações por mês. Foram investidos R$ 229.082.947,73, recursos do Governo do Estado e de financiamento com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Desse total, R$ 169.653.521,73 em obras e R$ 59.435.000,00 na aquisição de equipamentos.

 

Projetos Prioritários para 2013

Cid Gomes também adiantou alguns projetos que serão prioridade no Estado em 2013, e que contarão com parcerias com a iniciativa privada, através de PPPs. Ele citou a construção de uma Ponte Estaiada sobre o Rio Cocó do  temos muitas prioridades. “Será um símbolo visual para a cidade e que vai desafogar os dois únicos pontos de cruzamento para a linha sul da cidade, a ponte sobre o rio Cocó na Sebastião de Abreu e na Washington Soares”, adiantou.

 

Ainda sobre obras de urbanização em Fortaleza, Cid falou sobre a construção de uma segunda ponte entre a Sebastião de Abreu e a Ponte Estaiada do Cocó. “Essa não é PPP, mas é também um projeto que queremos desenvolver no próximo ano. A partir da ponte nova do Cocó queremos fazer a execução de uma avenida tripla até o Eusébio, se interligando ao Anel Viário de Fortaleza, permitindo que todo o tráfego pesado do porto do Mucuripe, ao invés de passar pelo centro da cidade, passe pela Via Expressa, pelo cruzamento da Raul Barbosa com a Murilo Borges, passará por essa ponte e vai direto para o anel viário e continua seu caminho pelas BRs e CEs que interligam o estado do Ceará”, explicou.

 

Hospital Regional Metropolitano e o Terminal Intermodal   de Cargas do Pecém são dois projetos que também devem ser implantados através de Parceria Público-Privada. Esse Hospital vai focar em emergência e apoiar principalmente a periferia, os bairros mais pobres de Fortaleza e os municípios maiores da região Metropolitana, que têm deficiências graves nessa área de emergência. A PPP para o terminal Intermodal de Cargas do Pecém é uma área de mais de 100 hectares que deverá ser o ponto de ligação entre o que vem do mar e o que vem por terra por meio ferroviário e rodoviário”, finalizou Cid Gomes.

 

22.11.2012

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br – 85 3466.4898