Sesa debate formação de profissionais no novo Hospital Regional Norte

25 de janeiro de 2013

O Governo do Estado Secretaria da Saúde do Estado programou uma série de encontros no Hospital Regional Norte para que a macrorregião conheça o novo perfil da saúde a partir do funcionamento do maior hospital público do Interior do Ceará e do Nordeste, inaugurado no último dia 18 de janeiro, em Sobral.  O primeiro encontro, que terá como foco o ensino e a pesquisa, será realizado na segunda-feira (28), a partir das 8hh30min, no auditório do HRN. O secretário da Saúde do Estado, Arruda Bastos, acompanhado da coordenadora de gestão do trabalho e educação em saúde da Sesa, Lúcia Arruda, e da superintendente da Escola de Saúde Pública do Ceará, Ivana Barreto, receberá reitores e diretores de universidades públicas e particulares, coordenadores de regionais de saúde e regionais de educação e diretores de escolas profissionais.

 

No novo hospital a estrutura do ensino e pesquisa, que fica no pavimento superior do bloco de admissão de pacientes, é ampla. São cinco salas de aula. O auditório tem 220 lugares. “Como hospital escola, desde o planejamento do HRN, a área e as condições de funcionamento do ensino foram priorizadas porque além de assistência de qualidade à saúde da população o hospital tem a missão de formar profissionais, de contribuir para dotar o Ceará no médio e longo prazo de um número maior de profissionais especialistas”, afirma Arruda Bastos. Esse avanço, entre outras estratégias que serão desenvolvidas, ocorrerá através da interiorização das residências e especializações.

 

Visita

Após os debates no auditório, os participantes do encontro visitarão o hospital. O HRN tem 57.813,70 metros quadrados de área construída, 70 leitos de Terapia Intensiva (UTI) do total de 382 leitos. O HRN tem capacidade para realizar até 1.300 internações por mês. O número de leitos para internação chega a 190. Por dia, poderá realizar até 60 cirurgias. Em caso de necessidade de UTI, há 20 leitos para adultos, 10 neonatal e mais 10 pediátrica, além de 30 leitos berçários de médio risco. Dos 1.641 profissionais aprovados em seleção pública, 697 têm nível superior, sendo 342 médicos. Além de médicos e 232 enfermeiros, a população terá atendimento do fisioterapeuta, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, cirurgião dentista, assistente social, nutricionista, farmacêutico, ouvidor, psicólogo.

 

No HRN foram investidos R$ 227.157.069,67, recursos do governo do Estado e de financiamento com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Em obras, o investimento foi de R$ 167.726.634,10 e na aquisição de equipamentos R$ 59.429.435,57. A estrutura de assistência é ampla com atendimento em diferentes especialidades, entre elas cirurgia geral, traumatologia, neurologia, mastologia, ginecologia, psiquiatria, gastroenterologia, otorrinolaringologia, oftalmologia, hematologia, nefrologia, infectologia, cardiologia, radiologia. Só na neurologia há 29 leitos. Na clínica médica também são 29 leitos. A clínica cirúrgica, que inclui a assistência em traumato-ortopedia, tem ainda mais leitos. São 45 no total. 12 para parto normal, 10 para parto cirúrgico e 1 para isolamento. No centro cirúrgico obstétrico há 5 salas. As salas de pré parto e pós parto somam 10 unidades.

 

25.01.2013

 

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá
selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221 / 8733.8213
Twitter: @SaudeCeara