Secretários da Infraestrutura e da Copa visitam obras do VLT Parangaba-Mucuripe

14 de Fevereiro de 2013

Os secretários da Infraestrutura, Adail Fontenele, e da Copa 2014, Ferruccio Feitosa, percorreram, nesta quinta-feira (14), as obras do Ramal VLT Parangaba-Mucuripe. A linha que liga o bairro de Parangaba à orla de Fortaleza, passando por 22 bairros, é uma das principais intervenções em Fortaleza com vistas à Copa do Mundo FIFA Brasil 2014TM. A visita começou pela estação da Parangaba e se  estendeu a todas as frentes de obra até a estação Iate, última da linha, no bairro Mucuripe.  Também participaram da comitiva os secretários adjuntos e executivos das duas pastas, além de servidores da Secretaria da Infraestrutura, Procuradoria Geral do Estado e Metrô de Fortaleza. “Unir esforços para manter o ritmo da obra e garantir a entrega do VLT à população de Fortaleza no prazo estimado. Esse é o principal motivo dessa visita”, afirmou os secretário Adail Fontenele.

METROFOR ParangabaOs secretários iniciaram a vistoria pela Estação Parangaba, que está em fase de execução do escoramento dos pilares e vai ficar pronta até agosto de 2013. Depois seguiram para o pátio de pré-moldados, passando pelas obras do Elevado de Parangaba. Este trecho terá quase um quilômetro de extensão e vai contar com 52 vigas de concreto armado, sendo que 39 delas já estão prontas. O próximo ponto visitado foi o local onde será instalada a Estação Montese. A obra será feita entre as ruas Equador e Antônio Fiúza.

Atualmente estão sendo realizados os estudos para  soluções de tráfego no local. Do Montese a comitiva seguiu para o bairro Vila União, onde ficará a Estação Borges de Melo. No trecho será construído um túnel e a Avenida Borges de Melo passará por baixo da linha férrea. No Bairro de Fátima, mais uma frente de  obra: o Elevado da Aguanambi que, quando pronto, terá cerca de 500 metros de extensão. Ainda foram visitadas as obras da ponte do canal do Tauape e Estação Iate. “Nós percorremos todos os canteiros de obra para acompanhar de perto o avanço na construção do VLT, já que ele será um importante legado da Copa do Mundo para a melhoria da mobilidade urbana em Fortaleza. Esse novo tipo de meio de transporte na cidade vai facilitar muito a vida de milhares de fortalezenses”, explica Ferruccio Feitosa.

METROFOR Papicu DiaAlém dos locais visitados, as obras do Ramal Parangaba-Mucuripe estão em andamento na estação Pontes Vieira, Viaduto Pontes Vieira, Viaduto Dom Luís, Estação Papicu, muro de arrimo da Via Expressa e Estação Mucuripe, contabilizando 12 frentes de obras, em franco desenvolvimento, ao longo de todo a linha Parangaba-Mucuripe. “A obra do VLT continua andando e agora, principalmente com a parceria da Prefeitura Municipal de Fortaleza, o projeto segue bem, dentro do cronograma”, avaliou o secretário da Infraestrutura, Adail Fontenele. Outro esforço para garantir a celeridade da obra é a contratação de  mais profissionais para atuar no projeto. A expectativa é que até o final de fevereiro mais 220 pessoas passem a fazer parte da equipe responsável pela construção do VLT de Fortaleza.

 

Mobilidade e integração

O novo modal vai operar em via dupla e fará conexão ferroviária de 12,7 km entre a Estação Parangaba e o bairro Mucuripe, sendo 11,3 km em superfície e 1,5 km em elevado e vai beneficiar cerca de 100 mil pessoas por dia quando em operação. O projeto prevê, dentre outras, a construção de três tipologias de estação, sendo uma elevada em Parangaba, que fará integração com a Estação Parangaba – Linha Sul do Metrô de Fortaleza e o terminal de ônibus do Sistema Integrado de Fortaleza, a Estação elevada do Papicu (que fará a integração com a Linha Leste do Metrô e o terminal de ônibus) e outro tipo de padronização para as outras oito estações: Montese, Vila União, Rodoviária, São João do Tauape, Pontes Vieira, Antônio Sales, Mucuripe e Iate Clube. Já com aproximadamente 25% da obra concluída, o VLT deverá ser entregue à população em dezembro de 2013.

 

14.02.2013
Assessoria de Imprensa da Seinfra
Marco da Escóssia