Governo do Ceará investe mais de R$ 127 milhões para obtenção de água

18 de Fevereiro de 2013

Para combater os efeitos da estiagem no Ceará o Governo do Estado investiu, de 2007 a janeiro deste ano, mais de R$ 127 milhões (R$ 127.204.923,34) em recursos próprios para dois importantes projetos para obtenção de água: a construção de poços e a implantação de cisternas de placa e de polietileno e de produção. As ações contemplam todos os municípios do Estado. Quando os dois projetos estiverem concluídos serão quase 160 mil poços e cisternas implantados nos municípios cearenses.

 

Uma parceria entre os Governos Federal e Estadual prevê R$ 540 milhões  (R$ 547.016.300,96) na construção de cisternas de placa, de produção e na implantação de cisternas de polietileno no Ceará. Do total, mais de R$ 110 milhões (R$ 110.770.323,36) vem de recursos próprios do Tesouro Estadual. Aproximadamente 65 mil cisternas de placa já foram instaladas de 2007 até janeiro último, e outras 75 mil estão previstas. Durante o ano de 2012 foram construídas 1.080 cisternas de produção, utilizadas para irrigação de pequenas lavouras. A implantação das cisternas é acompanhada pela Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA).

 

Além das cisternas, segundo dados da Superintendência de Obras Hídricas (Sohidra), foram construídos 1.451 poços, com investimento superior a R$ 16 milhões (R$ 16.434.600,00), dinheiro oriundo também do Tesouro. Somente em janeiro foram construídos 25 poços, sendo cinco no município de Caridade, beneficiando moradores de comunidades como Fazenda do Ingá e Conjunto Portelinha.

 

Saiba mais:

 

No dia 6 de janeiro o Governo do Estado anunciou trabalho a construção de mais 14.228 cisternas de polietileno nos Cariri, Centro Sul, Sobral e Maciço de Baturité. No ano passado foram investidos R$ 3.132 milhões na construção de 261 poços em municípios como Madalena, Massapê, Salitre e Santa Quitéria.

 

18.02.2013

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)