Conselhos, associações e sindicatos conhecem perfil do Hospital Regional Norte

25 de Fevereiro de 2013

Conselhos, associações e sindicatos conhecem perfil do Hospital Regional Norte

Representantes do Conselho Estadual de Saúde, conselhos municipais de saúde e de associações e sindicatos estarão no Hospital Regional Norte, em Sobral, nesta terça-feira (26), às 8h30min. Lá, o secretário da saúde do Estado, Arruda Bastos, e técnicos da Sesa apresentarão o perfil de assistência do novo hospital, que foi construído pelo governo do Estado  para atendimento à alta complexidade aos moradores dos 55 municípios da macrorregião Norte. Além de ampliar os serviços, a exemplo de 70 leitos de UTI a mais na região, o HRN garante a realização de exames complexos,  como a ressonância magnética. A interiorização desse moderno exame, no Ceará, é uma realidade nova. Até dois anos atrás, antes do primeiro hospital da rede pública estadual construído em Juazeiro do Norte, o Hospital Regional do Cariri, só era feito no Hospital Geral de Fortaleza (HGF). O acesso a exames, cirurgias, leitos é através da Central de Regulação que organiza as demandas e a oferta na macrorregião.

Já é o quarto encontro realizado pela Sesa para que todos fiquem conhecendo como o HRN, com 382 leitos, se soma à rede de assistência à saúde existente na macrorregião Norte. Na última terça-feira, 19, o encontro foi com diretores de hospitais polos, hospitais de pequeno porte e coordenadores da atenção básica e das regionais de saúde, sobre marcação de consultas, agendamento de cirurgias, encaminhamento de pacientes. No último dia 5 de fevereiro o encontro do secretário da saúde do Estado, Arruda Bastos, e técnicos da Sesa foi com prefeitos e secretários municipais de saúde. Do primeiro encontro, no dia 28 de janeiro, participaram diretores de universidades e faculdades públicas e privadas e de escolas profissionais, que debateram a formação de profissionais e especialistas.

Rede de assistência

Após fazer a apresentação com o detalhamento do atendimento feito no HRN e ainda sobre a nova rede de saúde na macrorregião, que inclui também cinco policlínicas e 5 CEOs, construídos pelo governo do Estado, e 43 Unidades Básicas de Saúde, construídas com recursos do Tesouro do Estado, Arruda Bastos, inicia debate. Os microfones ficam abertos para troca de informações, questionamentos, esclarecimentos. Em todo o Ceará, a nova rede de assistência à saúde da população é formada por quatro hospitais regionais – além do HRN e do HRC, o Hospital e Maternidade do Sertão Central, em construção em Quixeramobim, e o Hospital Regional Metropolitano, que será construído em Maracanaú para atender toda a Região Metropolitana antes da Copa do Mundo da FIFA 2014. Integram a nova rede 22 policlínicas regionais, 18 Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs regionais) e 32 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24 horas).

25.02.2013

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira/ Marcus Sá ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220/ 3101.5221 / 8733.8213)
Twitter: @SaudeCeara
Facebook: www.facebook.com/saudeceara