PAC 2 terá R$ 33 bilhões para investimento em saneamento e mobilidade urbana

6 de março de 2013

A presidenta Dilma Rousseff anunciou nesta quarta-feira (6), durante encontro com prefeitos e governadores no Palácio do Planalto, em Brasília, que estados e municípios selecionados na segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) receberão R$ 33 bilhões para investimentos em saneamento, pavimentação e qualificação de vias, abastecimento de água e esgotamento sanitário.

 

Os recursos serão utilizados na pavimentação ou recapeamento de vias, sistema de drenagem de águas pluviais, redes de abastecimento de água e coleta de esgoto, construção de reservatórios, captação de água, passeios com acessibilidade, sistemas cicloviários, medidas de moderação de tráfego, sinalização viária e elementos que promovam a acessibilidade universal.

 

“É bom que o poder público no Brasil, nos últimos anos, tenha restaurado a sua capacidade de investir nas mais diversas áreas, notadamente naquelas que são mais estratégicas para o País. E o PAC é, sem dúvida nenhuma, um agente fundamental, senão o mais importante individualmente para alavancar o investimento no Brasil”, definiu o governador Cid Gomes, que esteve na reunião com a presidenta Dilma. Ele considera ainda que os recursos públicos destinados às áreas sociais e de infraestrutura são necessários para corrigir o déficit histórico.

 

Ainda em Brasília, o governador Cid Gomes manteve reunião com o ministro dos Transporte, Paulo Passos. Na pauta da reunião estava a duplicação do acesso ao Porto do Pecém e a melhoria do fluxo de transporte de mercadorias oriundas do Porto do Mucuripe, utlizando a Ponte da Sabiaguaba. As duas ações estão incluídas  no PAC dos Portos e têm investimento estimado em R$ 180 milhões.

 

06.03.2013

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)