Obras inéditas de Sérvulo Esmeraldo em exposição no Palácio da Abolição

22 de março de 2013

O escultor cearense Sérvulo Esmeraldo é homenageado com “LUZ”, exposição representativa de sua obra no Palácio da Abolição, em Fortaleza (Ceará), a partir da segunda-feira (25), permanecendo aberta à visitação pública durante seis meses. A boa nova: Uma seleção primorosa de obras exposta a céu aberto nos jardins, e no espaço transparente da galeria. Linhas e volumes dinamizam o belo espaço do Palácio da Abolição, projetado por Sérgio Bernardes, legenda da arquitetura brasileira.

 

Sérvulo Esmeraldo está feliz. Acompanhando pessoalmente a montagem de sua exposição LUZ no Palácio da Abolição. O artista nascido no Crato em 1929 lidera os trabalhos com ar jovial e surpreendente vitalidade. Entusiasmado com a resultante que ali vai se configurando – “criando forma” – como ele diz, Esmeraldo se emociona ao comentar cada parte daquele todo. E não sem razão: o conjunto claro e coeso reúne obras referenciais produzidas com meios e tecnologias locais, datadas de 1980 para cá. A boa nova é que parte significativa da mostra é composta de obras recentes, muitas das quais inéditas, construídas especialmente para a exposição, cuja preparação remonta a longas e intensas jornadas desde 2011.

 

Desde o convite do Governo do Estado do Ceará, por meio da Casa Civil, para fazer a exposição, o escultor e a curadora Dodora Guimarães iniciaram os trabalhos. Obras selecionadas, projetos revistos e outros tantos criados. A resultante são cerca de 60 obras – esculturas, relevos, desenhos e objetos, expostos no pátio do Mausoléu do Presidente Castelo Branco, nos jardins e na Galeria de Arte do Palácio da Abolição. Um bom começo para o ano que se inicia.  E tal esforço conjunto, sobretudo do próprio multiartista, que às vésperas de completar 84 anos em fevereiro, exprime o imponente contexto da mostra “LUZ”, emocionantemente como “um resumo de uma vida”, sintetiza o grande Esmeraldo.

 

Notabilizado pela obra pública que inseriu Fortaleza na rota da arte contemporânea, Sérvulo Esmeraldo mereceu em 2011 importante mostra retrospectiva de seu trabalho na Pinacoteca do Estado de São Paulo, com direito a livro coordenado pela historiadora e crítica Aracy Amaral, e em consequência: festejada repercussão nacional. Em 2012, também, em São Paulo, Esmeraldo realizou a exposição Simples como o Triângulo, na prestigiada Galeria Raquel Arnaud, que lançou na ocasião fac-símile do seu Livro-Objeto Trilogia, reeditado pela Cosac Naify, com tiragem limitada a 35 exemplares. Em abril próximo, Esmeraldo participa da exposição Lumineux!Dinamique!, no Grand Palais em Paris, e está previsto ainda para 2013, exposições individuais no Rio de Janeiro e em Houston, no Texas. 

 

O projeto traz luzes à relevância e contribuição do artista no contexto da arte brasileira do século XX/XXI, colaborando ainda para difundir sua obra ao público cearense e visitante, o que implica na valorização, cada vez maior, da produção local e da cultura por meio da arte. Além da exposição “LUZ – Sérvulo Esmeraldo”, estão previstas em 2013 quatro palestras do artista no Sobrado Dr. José Lourenço (Rua Major Facundo, 154 – Centro – Fortaleza/CE), direcionadas a estudantes de artes, arquitetura, design, história e turismo. 

 

Serviço:

Exposição “LUZ – Sérvulo Esmeraldo” 

• Abertura para convidados: dia 25 de março de 2013 (segunda-feira das 19h30min às 22h30min)

Vale Ver Também: página perfil de Sérvulo Esmeraldo no facebook (https://www.facebook.com/ServuloEsmeraldo) com novidades da montagem da exposição “LUZ” no Palácio da Abolição e imagens das obras com apontamentos da curadora Dodora Guimarães.

 

Atendimento à imprensa:

Helena Félix (pontualcomunicacao@gmail.com – 0xx 85 9993 4920)
Kiko Bloc Boris (kikobb@gmail.com – 0xx 85  8892 1195)

 

22.03.2013

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)