Evento sobre cultura popular reúne pesquisadores na Urca

5 de Abril de 2013

O II Colóquio Nacional de Pesquisa em Cultura Popular, evento que será realizado entre os dias 08 a 15 de abril, na Universidade Regional do Cariri (Urca), reunirá pesquisadores de várias regiões do Brasil. O evento proporá simpósios, mesas-redondas e discussões de modo geral sobre Cultura Popular.
A segunda edição do evento reunirá trabalhos dedicados à abordagem dos aspectos da devoção e piedade, do culto e das práticas religiosas, às danças e cantos que tenham sua origem ligada à vida em comunidade, às narrativas de lendas, memórias, fábulas, entre outros aspectos, de um determinado grupo, família ou povo, bem como as origens, tipos e modalidades de manifestações populares. As religiões de matriz africana e as ações institucionais e agentes culturais populares também serão temas de trabalhos. A programação se dará ao longo de uma semana, sendo essa composta também por apresentações culturais.

 

Na segunda-feira (08), Francisco Assis de Sousa Lima, psiquiatra, psicoterapeuta e mestre em Psicologia Social pela USP, autor de Conto Popular e comunidade narrativa, apresentará a conferência intitulada Memória: o conto popular no Cariri Cearense. Durante a noite do mesmo dia, a programação cultural contará com a artista Keu Apoema que apresentará o espetáculo Ziri-Ziri, projeto construído a partir de uma residência artística realizada em Burkina Faso, país africano, entre o final de 2011 e o início de 2012.

 

No segundo dia do evento, terça-feira (09), Ignez Ayala, doutora em Letras pela USP e professora da UFPB palestrará sobre os Saberes Sociais em palavra, som e imagem. Durante a noite, Marcos Ayala, doutor em História Social pela USP e professor da UFPB, apresentará a conferência Culturas populares tradicionais e processos de institucionalização: sustentabilidade, diversidade, desigualdade.

 

Já na quarta-feira (10), Edil Costa, doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP e professora da UNEB, falará sobre as Tradições Orais da Bahia. Durante a noite, Julie Cavignac, professora da UFRN – Universidade Federal do Rio Grande do Norte e doutora em Antropologia e Sociologia Comparativa pela Universidade Paris X, apresentará a palestra intitulada “Dançar para se lembrar; memória e esquecimento do tempo da escravidão”.

 

Na manhã da quinta-feira (11), haverá apresentação cultural. Já durante a noite, Marcos Campos, mestre em Educação pela UFMG e professor da UFC, abordará o trabalho sobre Parintins, que é um relato da sua experiência na cultura do Boi Bumbá.

 

Na sexta-feira (12), durante a noite, haverá mesa-redonda. Na sequência, no sábado (13), a programação cultural pela manhã será com o Congo de Oeiras que é uma manifestação cultural que remonta ao Período Colonial.

 

Já no penúltimo dia do evento, no domingo (14), o NETLLI lançará três CDs de grupos de coco que atuam no Crato: Flor do Liro, do Grupo Cultural Amigas do Saber, Barra do dia, do grupo A gente do coco (Mulheres da Batateira) e Lagoano Mar, de Dona Naninha.

 

Na segunda-feira (15), último dia do evento, a programação cultural ficará com os Reis do Cariri, performance concebida pelo professor Luiz Renato da Escola de Artes Violeta Arraes/URCA. Durante a noite, a professora Maria Aparecida Ruiz, doutora em Ciências da Comunicação pela USP e professora da UMESP, proferirá a palestra de encerramento intitulada “Cultura Popular e Mídia Televisiva”. De 9 a 12 de abril, durante a tarde, ocorrerão as apresentações de trabalhos inscritos no evento reunindo pesquisadores vindos de várias regiões do Brasil.

 

05.04.2013

Assessoria de Imprensa da Urca

Elizângela (urca.imprensa@gmail.com / 88 8812.5525 / 3102.1213)