Porto do Pecém ganhará subestação de energia elétrica

25 de Abril de 2013

As atividades portuárias do Pecém terão um novo reforço. A empresa  Elmo Eletro Montagem foi homologada como a vencedora da licitação que escolheu a empresa que construirá uma edificação e realizará o  remanejamento de uma subestação de energia elétrica (PC-04) de 5.000  KWA no pátio de cargas do Terminal Portuário do Pecém. O equipamento será importante complemento às operações de oferta de energia elétrica para as atividades do porto, em especial ao recebimento de cargas frigorificadas para importação e exportação de produtos por aquele  terminal. A subestação custará R$ 523.800,00 a serem pagos com recursos do Governo Federal, através da Secretaria de Portos, e do Governo do Estado, devendo estar montada e operando num prazo de  quatro meses a partir da assinatura da Ordem de Serviços em data ainda ser definida.

 

A construção da nova edificação da subestação, denominada PC-04, em alvenaria, substituirá a atual, instalada em um contêiner de 40 pés,  voltada para alimentar as tomadas que atendem aos contêineres frigorificados, atendendo aos padrões adotados atualmente pelas  subestações implantadas naquele terminal portuário tanto com relação à estrutura física quanto à segurança elétrica, plano de manutenção, segurança operacional e normas técnicas.

 

A subestação reforça a segurança para atendimento às novas demandas implantadas ou em implantação no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), tais como a correia transportadora de carvão mineral, o Terminal de Múltiplo Uso (TMUT), o Descarregador Contínuo de Navios e a ampliação da rede de tomadas para contêineres frigorificados.

 

UTE Porto

 

Também como parte das ações de melhoria da qualidade da oferta de  energia elétrica para as operações dos diversos equipamentos do terminal portuário do Pecém, a Seinfra concluiu a montagem de cinco novos grupos geradores de energia elétrica, que se somam agora aos  três já existentes. Com isso a potência instalada da UTE Porto, situada ao lado da subestação principal da CearáPortos desde 2004, passou de 5.250 KW (kilowatts), para 15.250 KW. O investimento nos  equipamentos da marca Cummins Power, importados da Inglaterra, foi de  R$ 17,6 milhões, oriundos de convênio entre o Governo do Estado e a Secretaria Especial dos Portos.

 

25.04.2013

Assessoria de Comunicação da Seinfra

Marco da Escóssia / Luiz Guedes (85 3216.3763 – 65)

Twitter: @seinfrace
Facebook.com/SeinfraCE

Assessoria de Comunicação da Seinfra
Marco da Escóssia
Luiz Guedes
(85)3216.3763/65
@seinfrace (Twitter oficial da Secretaria da Infraestrutura do Estado)