Tecnologia pioneira de recuperação de tubos será apresentada nesta quinta-feira (16)

15 de maio de 2013

O método não destrutivo utilizado para reabilitação de tubulações será apresentado nesta quinta-feira (16), das 13h30min a 15h30min, na sede da Cagece, a uma plateia de engenheiros e técnicos. A tecnologia vai ser utilizada em obra da Cagece na Avenida Leste e é pioneira na América Latina, no diâmetro de 1.750 mm.

 

Responsáveis da empresa contratada pela Cagece ministrarão a palestra demonstrando a aplicação do método em Fortaleza. A tecnologia será explicada passo a passo, por meio de slides. A técnica já está sendo utilizada em diâmetros menores em São Paulo e já é comum na América do Norte e na Europa.

 

A intervenção da Cagece que utiliza o método está sendo realizada na Avenida Leste Oeste, em um primeiro trecho, entre a Rua Álvaro de Alencar e Rua Dom Hélio Campos. A obra tem previsão para terminar em outubro de 2013, recuperando 1.000 metros de tubos de esgoto, do interceptor Oeste. Serão investidos R$ 12,2 milhões, com recursos do Governo do Estado do Ceará.

 

Uma das vantagens da tecnologia é dispensar a interdição completa da via, já que não necessita de escavação de valas. Desta forma, durante a obra, ficarão interditadas apenas as faixas que margeiam o canteiro central, nos dois sentidos de tráfego.

 

A tecnologia chama-se CIPP, abreviação para o inglês cured-in-place pipe. O método confere resistência estrutural à tubulação, além de proteção contra ataques químicos comuns na presença de esgoto.

 

Serviço:

O que: apresentação do método não destrutivo para reabilitação de tubulações.
Quando: Dia 16, de 13h30min a 15h30min.
Onde: na sede da Cagece – Avenida Lauro Vieira Chaves, 1030, Vila União.
15.05.2013

 

15.05.2013

Assessoria de Imprensa da Cagece

Janaina Taillade (85 3101.1826 – 3101.1828 – 8878.8932)