Escolas da rede pública terão novos livros de autores residentes no Ceará

4 de julho de 2013

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), lança nesta sexta-feira (05), às 11 horas, a 7ª, 8ª e 9ª Coleções PAIC PROSA  E POESIA. A ação faz parte dos Programas Alfabetização na Idade Certa  (PAIC) e Aprendizagem na Idade Certa (PAIC+5) . O objetivo é incentivar o prazer pela leitura entre as crianças e utilizá-la como recurso no processo de aprendizagem. A solenidade acontece na Assembleia Legislativa do Ceará – Plenário 13 de Maio e contará com as presenças do secretário adjunto da Educação, Maurício Holanda, e do Deputado Estadual, Wellington Landim, representante da Assembleia Legislativa.

 

A distribuição dos livros já começou para todas as salas de aula da  educação infantil ao 5º ano do ensino fundamental da rede pública. Ao  todo, são 45.000 coleções compostas por 12 títulos. As obras são  escolhidas a partir de seleção de textos inéditos de Literatura Infantil  de autores residentes no Ceará. Durante o lançamento, haverá a entrega do troféu Prêmio Literário PAIC ao escritor Kelsen Bravos, pelo trabalho como coordenador editorial das coleções e a todos os escritores que participam, assim como os ilustradores.

 

A entrega das Coleções dá continuidade a um trabalho que teve início com a implantação do Programa Alfabetização na Idade Certa, em 2007, e a expansão do PAIC +5, em 2011. Essa atividade tem como finalidade fortalecer o letramento dos alunos. Para isso, os livros são trabalhados durante oficinas de dinamização do acervo com formadores municipais que levam esses conhecimentos aos educadores. E os professores colocam em prática com seus alunos. As coleções ficam à disposição no Cantinho de Leitura presente em cada sala de aula.

 

Fabiana Skeff, coordenadora do Eixo de Literatura Infantil e Formação do Leitor do PAIC, explica que na escola, os professores realizam atividades lúdicas que motivam a leitura, a interpretação e produção de novas histórias. “O acesso ao livro é um direito da criança, assim, estaremos promovendo uma inclusão à cultura. Para o professor, a palavra chave é encantamento, ou seja, ele abraçar o momento da leitura na sala de aula, como um deleite e por meio da contação, da dramatização, da música e das artes em geral, a leitura gerar prazer e permanecer na vida das crianças”.

 

PAIC E PAIC +5

 

O PAIC teve sua origem pela iniciativa de alguns municípios cearenses, apoiados pela Undime, Aprece e Unicef, a partir dos resultados do Comitê Cearense pela Eliminação do Analfabetismo Escolar, instituído na Assembleia Legislativa. Foi transformado em política pública prioritária do Governo do Estado em 2007. O programa está focado em cinco eixos fundamentais: educação infantil, gestão pedagógica da alfabetização, formação do leitor, gestão municipal de educação e avaliação externa. Em 2011, o Governo do Estado, por meio da Seduc, expandiu as ações até 5º ano, com vistas a melhorar os resultados de aprendizagem da etapa inicial do Ensino Fundamental. Essa iniciativa é denominada Programa Aprendizagem na Idade Certa (PAIC+5).

 

04.07.2013

Assessoria de Imprensa da Seduc

Jacqueline Cavalcante (jacquelinec@seduc.ce.gov.br / 85 3101.3972)