Mostra de Cinema Mar Aberto começa nesta sexta-feira (12) no Dragão do Mar

12 de julho de 2013

Todas as sextas e todos os sábados de julho, a partir das 19 horas, no Auditório, a Mostra gratuita exibirá curtas-metragens cearenses de todas as épocas.
A partir desta sexta-feira (12), todas as sextas-feiras e todos os sábados de julho, os visitantes do Dragão do Mar poderão conferir, gratuitamente, a Mostra Mar Aberto: curtas-metragens cearenses de todas as épocas. Como o próprio nome sugere, Mar Aberto propõe um olhar panorâmico e abrangente sobre a produção local de filmes em curta-metragem. Reunindo temáticas plurais, a mostra reúne obras de realizadores cearenses, produzidas em períodos temporais diversos. Uma boa oportunidade para ver e refletir sobre o audiovisual no estado.

 

Mar Aberto tem curadoria de Salomão Santana e integra a programação especial de férias no Dragão do Mar, com o ciclo temático Fuxico no Dragão: venha namorar, paquerar, ler e se divertir. Confira a relação completa dos filmes a serem exibidos:

 

Dia 12

 

Manassés
Cor, MiniDv, 13min, 2009
Direção: Luisa Marques
Manassés era um violeiro solitário que teve uma filha e disse adeus.

 

Os brasileiro assistem à televisão depois do jantar #10 – Viagem à Lisboa
Cor, Digital, 16min, 2012
Direção: Samuel Brasileiro
Imagens de sobremesa.

 

Estrela Distante
Cor, Digital, 07min, 2012
Direção: Leonardo Mouramateus
Filmado durante no Festival do Buscapé na cidade de Sairé (PE), o filme examina o espetáculo e variações sobre o estar em público a partir do olhar misterioso dos  anônimos, na relação que cada um cria em relação à câmera.

 

Linhas e Espirais
Cor, Digital, 2min, 2009
Direção: Diego Akel
Curta-metragem de animação experimental em que linhas e espirais simbolizam as buscas e lutas da vida.  Realizado com a técnica da “Pintura no tempo”, onde são feitas alterações sucessivas numa mesma imagem, criando uma pintura animada.

 

Diante da Lei
Cor, Digital, 20min, 2008
Direção: Alyson Lacerda
Baseado em conto homônimo de Franz Kafka.

 

Dia 13

 

Águas de Romanza
Cor, Digital, 14min, 2002
Direção: Glaucia Soares e Patrícia Baía
No sertão nordestino, uma menina sonha em conhecer a chuva. Sua avó, velha e doente, deseja realizar o sonho da neta. Um caixeiro viajante parace ser a sua única esperança.

 

Os versos mais lindos
Cor, Digital, 23min, 2013
Direção: Ythallo Rodrigues
Sem sinopse

 

Desnorte em novembro
Cor, Digital, 19min, 2013
Direção: Samuel Carvalho
Não sei ao certo se enlouqueci ou se estou apenas lúcido demais.

 

Jaime
Cor, Digital, 4min, 2012
Direção: Luciana Vieira
Jaime em francês significa “eu amo”.

 

Dia 19

 

O Começo
Cor, Digital, 19min, 2010
Direção: Camila Vieira e Hugo Pierot
Uma homem. Uma mulher. Um baú cheio de lembranças.

 

Passos no Silêncio
P&B, Digital, 17min, 2010
Direção: Guto Parente
Uma professora de alemão e a tradução de um poema.

 

Cerca
Cor, Digital, 15min, 2006
Direção: Glauco Vieira
O curta trata da aventura psicológica de uma velha que sofre uma ação de despejo, no momento em que é forçada a desprender-se de tudo aquilo que mais ama. A religiosidade, o apego, as memórias são elementos presentes no texto visual, tematizados a partir do interior das personagens. As imagens, os sons configuram essa viagem no mundo inconsciente de uma velha presa ao seu passado, à sua identidade peculiar.

 

Porque as coisas são assim
Cor, Digital, 10min, 2010
Direção: Michelline Helena
Diante do inevitável, um pai tenta explicar para a filha o tênue limite entre o desejo e a realidade, o certo e o errado; o mundo real onde tudo se mistura e onde todas as coisas são apenas o que são.

 

Dia 20

 

O Amor do Palhaço
Cor, Digital, 15min, 2005
Direção: Armando Praça
O fim. Grete, personalidade da praia de Canoa Quebrada, está morto. Sua história retrocede no tempo, momentos da vida desvendam sua trajetória até o instante em que é tomada a fatídica decisão de abandonar o Circo Máximo e aventurar-se sozinho.

 

Torre dos Olhos
Cor, Digital, 23min, 2013
Direção: Thais Dahas
He’s a real nowhere man.

 

Supermemórias
Cor, Digital, 20min, 2010
Direção: Danilo Carvalho
Mais uma memória para uma cidade sem lembranças… Um olhar poético sobre a cidade de Fortaleza-Ceará-Brasil, a partir de registros caseiros em super8 das décadas de 60, 70, 80. Este filme é fruto de uma manifestação da cidade no ato de doar suas memórias para uma poesia coleiva.

 

Cidade Postal
Cor, Digital, 10min, 2013
Direção: Clara Bastos, Tarcísio Rocha Filho e Victor Costa Lopes
Espero que esteja bem. Ass: Eu que fiquei.

 

Dia 26

 

Baratas
Cor, Digital, 18min, 2012
Direção: Maira Bosi
A mãe de Carlinhos tem medo de baratas. O pai de Carlinhos não quer mais matar baratas.

 

Reisado Miudim
Cor, Digital, 13min, 2008
Direção: Petrus Cariry
O sonho de Mateus é brincar no reisado. No dia da apresentação, seu avô pede para que ele vá com Bruno até a feira para comprar fitas. Lá, Bruno insiste para que Mateus compre brinquedos. Mateus resiste. Voltando para casa, Mateus recebe do seu avô um lindo presente.

 

Raimundo dos Queijos
Cor, Digital, 16min, 2010
Direção: Victor Furtado
Um oásis de gente revela outro lado da vida no centro da cidade.

 

Odete
Cor, Digital, 16min, 2012
Direção: Clarissa Campolina, Ivo Lopes Araújo, Luiz Pretti Odete está presa entre o passado e o futuro. Ela sai em viagem, mas continua imóvel. Ela encara o abismo e se pergunta se sairá viva.

 

As Corujas
Cor, Digital, 21min, 2009
Direção: Fred Benevides
Em qualquer parte, na noite, estarão as corujas.

 

Dia 27

 

Apnéia
Cor, Digital, 5min, 2008
Direção: Henrique Didimo
Sem sinopse

 

Campo Branco
Cor, Digital, 15min, 1997
Direção: Telmo Carvalho
De forma coreografada, a relação de amor do homem nordestino com a chuva numa linguagem poética.

 

Brincantes Fúnebres
Cor, Digital, 7min, 2011
Direção: Nigéria
Uma equipe de gravação acompanha programas policiais de TV nas madrugadas de Fortaleza. O Folguedo do Boi é uma tradição folclórica que trata o boi como personagem principal e encerra com a morte do animal alegorizado. Os brincantes acompanham de perto.

 

Casa da Vovó
Cor, Digital, 24min, 2008
Direção: Victor de Melo
Espaços e sentimentos misturam-se.

 

Rua Governador Sampaio
Cor, Digital, 13min, 2009
Direção: Victor de Melo
Um dia na Rua Governador Sampaio, no Centro de Fortaleza.
Serviço: Mostra Mar Aberto
Dias 12, 13, 19, 20, 26 e 25 de julho, a partir das 19h, no Auditório do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Acesso gratuito.

 

Confira também as diversas opções de lazer, cultura e arte que o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, a Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho e o Centro Cultural Bom Jardim, equipamentos geridos pelo Instituto de Arte e Cultura do Ceará (IACC), vinculado à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, oferecem como destaques para este final de semana.

 

Programação Cultural: Dragão do Mar

 

12.07.2013

Assessoria de Imprensa do Dragão do Mar

Luciana Vasconcelos (85 3488.8625)