Projeto Agentes de Leitura democratiza o acesso ao livro

17 de julho de 2013

Nível de compreensão independente do público leitor. Este é o resultado do relatório das atividades desempenhadas dentro do Projeto Agentes de Leitura, que em 2012 atuou em 41 municípios cearenses, beneficiando 927 comunidades e realizando o empréstimos de 43.892 livros. De acordo com a Coordenadoria de Política do Livro e Leitura, da Secretaria da Cultura do Ceará, após aferição, por meio de aplicação de testes de proficiência leitora, foi registrado um aumento de 44% da compreensibilidade do material lido em relação ao início do projeto, que tem duração média de 10 meses. “Inicialmente os índices de compreensão oscilavam entre nível instrucional de pouca compreensão ou compreensão parcial do que foi lido”, atesta a coordenadora Concy Beserra.

 

O Projeto Agentes de Leitura do Ceará, pioneiro no Brasil, é, originalmente, uma ação da Secretaria de Cultura do Estado/Secult, junto ao Fundo Estadual de Combate à Pobreza/Fecop, que, desde 2006, vem promovendo a democratização do acesso ao livro e à leitura por meio de atividades mediadoras ancoradas em acervos bibliográficos que, posteriormente, são integrados ao acervo das bibliotecas públicas municipais e/ou comunitárias.

 

17.07.2013

 

Coordenação de Comunicação da Secult
Sonara Capaverde – 85 8878.8805 | 85 9608.5822