Curso atualiza profissionais em doenças crônicas não transmissíveis

22 de julho de 2013

Com 70 vagas, estão abertas as inscrições para o “Curso de atualização em doenças crônicas não transmissíveis”, que será realizado pela Secretaria da Saúde do Estado em parceria com a Escola de Saúde. As inscrições são feitas pelo site da ESP-Ce até o dia 9 do próximo mês de agosto. O público que pode se inscrever: profissionais das cinco regiões de saúde que integram a macrorregião Norte (Cres de Sobral, Acaraú, Tianguá, Camocim e Crateús) que trabalham na Estratégia Saúde da Família, na nova rede de policlínicas e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24h) e ainda do Hospital de Referência da Macrorregião de Sobral.

 

O curso, que terá 120 horas, ocorrerá numa unidade de referência da Sesa, o Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão (CIDH), na Rua Silva Paulet, 2406. Serão quatro módulos nos dias 29, 30 e 31 de agosto, 12, 13 e 14 de setembro, 26, 27 e 28 de setembro e o último no período de 17 a 19 de outubro. Os profissionais ficarão atualizados em diabetes e hipertensão e bem informados sobre os atos normativos relacionados às redes de atenção às doenças crônicas não transmissíveis. “Abordaremos também o tabagismo”, acrescenta Ana Lúcia de Sá Leitão, médica do Grupo de Trabalho Adulto do Núcleo de Atenção Primária da Sesa.

 

Dados do Ministério da Saúde mostram que a hipertensão atinge mais de 50% das pessoas acima de 60 anos e 8% das crianças e adolescentes. É responsável por 40% dos infartos, 80% de Acidente Vascular cerebral (AVC) e 25% dos casos de insuficiência renal terminal. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças crônicas não transmissíveis, incluindo a hipertensão, são responsáveis por 59% dos óbitos no mundo. Ações de prevenção e promoção, além da ampliação e melhoria da estrutura de assistência e qualificação de profissionais, estão sendo reforçadas no Ceará.

 

As UPAs 24h e as policlínicas são o reforço na estrutura de atendimento, que atendem pacientes com a diabetes descompensada e pressão alta.  Na prevenção e promoção, em todas as 150 Unidades Básicas de Saúde da Família construídas com recursos do governo do Estado, no interior, há salas de educação em saúde para orientar as famílias sobre o risco do sal e a importância da alimentação saudável e o valor das atividades físicas na qualidade de vida e na saúde.

 

Informações sobre o curso: (85) 3101.5191 / 3101.1405

 

22.07.2013

 

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara