Adriana Calcanhotto lança livro e novo show no Dragão do Mar

23 de julho de 2013

Nesta quarta-feira (24), Adriana Calcanhotto desembarca em Fortaleza para lançar ao público cearense o seu livro “Antologia Ilustrada da Poesia Brasileira: para crianças de qualquer idade”, organizado e ilustrado pela artista e lançado pela editora Casa da Palavra. O lançamento acontece na Arena, em frente ao Teatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC), a partir das 16 horas. Na ocasião, Adriana baterá um papo sobre poesia e música com os presentes, cantará algumas canções e participará de sessão de autógrafos. A apresentação é gratuita e aberta ao público. O público infantil poderá ainda participar de uma sessão extra do Brincando e Pintando no Dragão do Mar, com brincadeiras e jogos orientados por monitores.

 

No dia seguinte (25), a partir das 21 horas, a cantora e compositora apresenta seu novo show “Olhos de Onda”. A apresentação acontece às 21 horas, também na Praça Verde. A venda de ingressos para o show foi aberta no dia 16 de julho, mas já se encontra esgotada.

 

O lançamento do livro Antologia Ilustrada da Poesia Brasileira e o show “Olhos de Onda” são realizações do Sesc e do Dragão do Mar. As atividades integram o ciclo temático de julho Fuxico no Dragão, que oferece, até a primeira semana de agosto, uma série de atividades, como feira, discotecagens, apresentações artísticas, shows, além de opções de cultura, entretenimento e arte-educação infantil para os visitantes do Dragão do Mar.

 

Antologia Ilustrada da Poesia Brasileira

 

O livro é dedicado a Vinicius de Moraes, um dos poetas preferidos de Adriana, e Titilita, tia com quem aprendeu o amor aos livros e à poesia, além de referências que ainda a acompanham, como Maria Bethânia. Instigada pela pergunta do poeta Carlos Drummond de Andrade “Por que motivo as crianças, de modo geral, são poetas e, com o tempo, deixam de sê-lo?”, em A Educação do ser Poético, Adriana Calcanhotto iniciou sua jornada de organizar e ilustrar o que ela define como “antologiazinha, pessoal, íntima, intransferível”, com o objetivo de abrir janelas para os poetas brasileiros, de diferentes tempos, e preencher a lacuna de uma compilação de poesia dedicada a leitores de qualquer idade, sejam aqueles que estão descobrindo as primeiras palavras ou os mais experientes.

 

Em mais de um ano de trabalho, Adriana tentou abarcar cânones como Olavo Bilac, Mario de Andrade, Murilo Mendes, Mario Quintana, João Cabral de Melo Neto, e prestar reconhecimento a nomes menos óbvios, como Alex Varella, Duda Machado e Estrela Ruiz Leminski. Também estão presentes parceiros de Adriana, como Wally Salomão, Ferreira Gullar e Antonio Cícero, além dos amigos Chacal e Eucanaã Ferraz. Neste contexto, a seleção vai de Canção do Exílio, de Gonçalves Dias a Receita para um dálmata, de Gregório Duviver. Segundo a cantora, os poemas foram escolhidos a partir da capacidade da própria artista em “enxergar” os desenhos ao lê-los.

 

Show Olhos de Onda

 

Afastada dos palcos em virtude de uma lesão na mão direita, Adriana Calcanhotto decidiu retomar as apresentações após um convite de tocar em formato solo nas comemorações de vinte anos da casa onde cantou pela primeira vez em Lisboa. A proposta a inspirou na criação do novo espetáculo, que além de novas composições, traz algumas de suas canções favoritas, num reencontro marcante com o seu violão, instrumento que a encantou ainda na infância.

 

Sobre o repertório do novo show, Adriana declara: “…como sempre digo, no meu ofício quem comanda são as canções, e não me debato com isso. Gosto, aliás, de ser levada por elas. Então nunca tenho a menor pretensão de ser coerente com um set list adiantado, adiantando que ando tocando aquelas das quais estava com muitas saudades, algumas das quais havia até esquecido, algumas do micróbio do samba, algumas das quais tenho inveja porque gostava de as ter escrito, algumas que escrevi mas foram gravadas por outros artistas,  poemas que musiquei , e alguma coisa nova que ninguém é de ferro. Olhos de onda, por exemplo, que batiza o show, qualquer que ele seja, fiz enquanto ensaiava.”

 

Segundo o presidente do Instituto de Arte e Cultura do Ceará, Paulo Linhares, o preço simbólico do ingresso faz parte da implantação de uma política de inclusão cultural no Dragão: “Nosso objetivo é intensificar iniciativas como essa, de modo a possibilitar que o maior número de pessoas possível tenha a oportunidade de curtir boas atrações”.

 

Serviço:

Lançamento do livro “Antologia Ilustrada da Poesia Brasileira”
Dia 24, às 16h, na Arena Dragão do Mar. Entrada franca e acesso livre. O livro, que possui 136 páginas, poderá ser adquirido no local pelo valor de R$ 48,90.
Show “Olhos de Onda”
Dia 25, às 21h, na Praça Verde. Ingressos R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia) na Bilheteria do Dragão do Mar e no site Bilheteria Virtual (www.bilheteriavirutal.com.br). INGRESSOS ESGOTADOS. Classificação: 16 anos.

 

Mais informações: Assessoria de Comunicação e Marketing do IACC 3488.8617 e 8733.8829

 

23.07.2013

 

Assessoria de Comunicação e Marketing do IACC
Luciana Vasconcelos – (85) 3488.8625