Dia Mundial de Combate à Hepatite: Ações preventivas são realizadas neste sábado (27)

26 de julho de 2013

Neste domingo (28) é o Dia Mundial de Combate à Hepatite, oportunidade em que mais informações são levadas à população sobre a prevenção, diagnóstico e tratamento. No Ceará, a Secretaria da Saúde do Estado fará no sábado (27) ações de prevenção, facilitando o acesso da população à vacina contra a hepatite B. A Sesa, que fica na Avenida Almirante Barroso, 600, Praia de Iracema, vai abrir as portas das 8 às 13 horas para imunizar e proteger a saúde de adolescentes e adultos. Além de vacinar contra a hepatite B, atualizará os cartões de vacinação. As pessoas podem ser vacinadas contra difteria e tétano, sarampo, caxumba e rubéola e ainda contra a gripe. Nas cinco horas de serviço, serão feitos também o teste rápido de HIV e sífilis.

 

As pessoas poderão fazer o teste, gratuitamente, a partir da coleta de sangue da ponta do dedo. O sangue é colocado em um dispositivo de testagem e o resultado sai em apenas 20 minutos. Se o resultado for negativo, o diagnóstico é fechado. Em caso de resultado positivo, é realizado outro teste para confirmação. Já o teste de triagem de sífilis dá o resultado em até 15 minutos. Na equipe de profissionais da Sesa estão enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais para oferecer orientações pré e pós-teste. Para fazer o teste rápido de HIV ou hepatite B não é necessário estar em jejum.

 

O resultado do teste rápido tem a mesma confiabilidade dos exames convencionais e não há necessidade de repetição em laboratório. O teste de aids não deve ser feito de forma indiscriminada e a todo o momento. O aconselhável é que quem tenha passado por uma situação de risco, como ter feito sexo desprotegido, faça o exame. Após a infecção pelo HIV, o sistema imunológico demora cerca de um mês para produzir anticorpos em quantidade suficiente para serem detectados pelo teste. Por conta disso, é melhor fazer o exame após esse período.

 

Os kits para a realização do teste rápido de HIV são fornecidos pelo Ministério da Saúde, que envia, em média, 22 mil testes por mês para o Ceará. Nos procedimentos de rotina, o teste rápido é realizado em gestantes na primeira consulta de pré-natal nas unidades de atenção básica. Também é oferecido teste rápido nas unidades básicas à população indígena e populações flutuantes (caminhoneiros, artistas de circo, ciganos).

 

26.07.2013

 

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara