Jovens recebem cuidados especiais no Dia da Saúde, 5 de agosto

2 de agosto de 2013

O cuidado com a saúde deve ser todos os dias. Porém, em datas como o Dia Nacional da Saúde, comemorado no próximo dia 5 de agosto, a Secretaria da Saúde do Estado aproveita para mobilizar a população para ações de prevenção e promoção da saúde. Na segunda-feira, o foco será a saúde dos jovens, no shopping Benfica. É durante a juventude que as pessoas vivem uma diversidade maior de novas experiências. Daí, a importância em mobilizar e despertar entre os jovens a necessidade de hábitos saudáveis, como o uso de preservativos, e manter em dia o cartão de vacinas que protegem contra várias doenças, entre elas as sexualmente transmitidas, a exemplo da hepatite. Equipes da Secretaria da Saúde do Estado estarão no shopping, das 14 horas às 19 horas, vacinando e orientando sobre hábitos saudáveis. 

 

Serão aplicadas vacinas que protegem contra a hepatite B, difteria e tétano, sarampo, caxumba e rubéola. As pessoas receberão panfletos e folders sobre hepatite, tuberculose e Aids, distribuídas com a finalidade de fazer a informação circular e, assim, contribuir para uma cultura de promoção da saúde e da qualidade de  vida. A distribuição de preservativos também fará parte das atividades programadas.

 

De acordo com resolução da Política Nacional da Juventude, jovens são todos aqueles que estão na faixa etária entre 15 e 29 anos. Segundo dados do censo 2010 divulgados pelo IBGE, existem aproximadamente 50 milhões de brasileiros nessa faixa, que corresponde a quase 25% da população total. A escolha do shopping para fazer a mobilização no Dia Nacional da Saúde foi estratégica. O shopping Benfica, que fica na Avenida Carapinima, 2200, recebe uma média de 33 mil visitantes por dia, na grande maioria jovens. Fica nas proximidades de diversas faculdades, funcionando como ponto de circulação parauniversitários diariamente, sendo um espaço ideal para a informação e o cuidado com a saúde chegar a esse público.

 

Origem do dia 5 de agosto

 

O Dia Nacional da Saúde é uma homenagem ao médico sanitarista Oswaldo Cruz, pioneiro nos estudos de doenças tropicais e no desenvolvimento da medicina experimental no Brasil, reconhecidos em todo o mundo. Nascido em 5 de agosto de 1872, na cidade de São Luís do Paraitinga, interior de São Paulo, ele ingressou na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro aos 15 anos de idade. Em 1896, já formado, foi com a família para Paris para fazer uma especialização em microbiologia e soroterapia no Instituto Pasteur. Retornou ao Brasil dois anos depois e passou a integrar a equipe que iniciou o combate à peste bubônica. Em 1903, graças ao êxito alcançado na direção geral do Instituto Soroterápico Federal, foi nomeado diretor geral de Saúde Pública pelo presidente Rodrigues Alves, cargo que corresponde atualmente ao de Ministro de Saúde. Nesse cargo, teve a missão de combater três males principais: a febre amarela, a peste bubônica e a peste. Uma de suas principais medidas, que torna obrigatória a vacinação contra a varíola, provoca pavor na população da periferia do Rio de Janeiro, que se posiciona contra o procedimento, dando início à conhecida Revolta da Vacina. Em 1907, seus esforços erradicam a febre amarela na cidade, fato reconhecido internacionalmente e que o transforma num herói nacional. Transfere-se em 1910 para a região amazônica, onde a estrada de ferro Madeira-Mamoré estava sendo construída, para estudar as condições sanitárias da região, também tendo dirigido a campanha de erradicação da febre amarela no Pará. Em 1916, encerrou as atividades no Instituto Oswaldo Cruz, antigo Instituto Soroterápico Federal, devido ao agravamento de sua doença. Morreu no dia 11 de fevereiro de 1917, aos 44 anos.

 

02.08.2013

 

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira/ Marcus Sá
selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220/ 3101.5221
Alexandre Maia Lima – Estagiário do Proensino – Programa Bolsa de Incentivo à educação na Rede da Secretaria da Saúde do Estado.  
Twitter: @SaudeCeara
Facebook: www.facebook.com/saudeceara