Confira as atrações do Pautão Cultural do IACC neste fim de semana

9 de agosto de 2013

Confira as diversas opções de lazer, cultura e arte que o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, a Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho e o Centro Cultural Bom Jardim, equipamentos geridos pelo Instituto de Arte e Cultura do Ceará (IACC), vinculado à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, oferecem como destaques para esta semana.

 

Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema.

 

[Infantil]

 

Brincando e Pintando no Dragão do Mar – Brincadeiras e atividades infantis para todas as idades orientadas por monitores.
Serviço: Domingo (11), às 16h, na Praça Verde. Acesso gratuito.

 

[Múltiplas linguagens]

 

Sahaja Yoga

A prática permite que a pessoa se identifique com o seu verdadeiro ser, abandonando os hábitos negativos para a evolução espiritual.
Serviço: Sexta (9), às 16h, no Bosque da Praça Verde. Acesso gratuito.

 

Feira Dragão Arte

Feira de artesanato realizada em parceria entre SEBRAE-CE e SIARA-CE.

Serviço:
De sexta a domingo, das 17h às 22h, Ao lado do Espelho D’água.
Acesso gratuito.

 

Planeta Hip Hop
Grupos promovem exibições de dança e música hip hop.
Serviço: Sábado (10), às 19h, na Arena Dragão do Mar. Acesso gratuito.

 

5º Grupo Escoteiro do Ar Pinto Martins

De acordo com a faixa etária dos participantes, o grupo define as atividades de escoteirismo.

Serviço: Sábado (10), das 14h às 17h, no Bosque Praça Verde. Acesso gratuito.

 

Museu da Cultura Cearense (MCC)

 

Verde – amarelo

 

“A exposição “Verde-amarelo” mostra, sob um piscar de olhos, divertidas facetas da torcida futebolística brasileira – e, em especial no Nordeste e em cidades do interior. A mostra enfatiza o design da rua, os inventos do dia a dia e os momentos quando os brasileiros se orgulham das cores da bandeira brasileira.

 

A maioria das imagens e dos objetos foi captada no interior do Ceará, durante os últimos grandes eventos esportivos, como na Copa de Mundo de 2010. Durante a exposição, pretende-se ampliar o acervo com a colaboração do público, criar ações interativas e resgatar algo do rico universo da cultura popular e do kitsch em torno das cores da bandeira do Brasil, com um
olhar descontraído e com certa ironia.” diz Titus Riedl

 

A mostra apresenta exemplos da criatividade e inventividade dos brasileiros em relação aos seus eventos esportivos e à paixão pelo futebol, traduzida nas cores da bandeira nacional. Um dos idealizadores da Exposição, o sociólogo e pesquisador Titus Riedl afirma que a exposição busca mostrar, de maneira divertida, como se dá essa cultura do improviso aqui no Ceará. “Queremos ver como os indivíduos criam e recriam objetos para expressar a sua emoção, utilizando, inclusive, elementos que são próprios dessa cultura, como a renda, a presença de redes, bandeirinhas, o fuxico, entre outros”, afirma.

Segundo Valéria Laena, diretora do MCC, vemos agora serem iniciados os preparativos para receber esses grandes eventos, então é um momento oportuno para refletirmos de maneira leve sobre questões importantes como construção da brasilidade, identidade e memória. “O povo cearense é conhecido por sua criatividade, então estamos apostando nesse espírito inventivo para mostrar como se materializa essa mobilização nestes períodos em particular”, afirma Valéria.

 

Visitação de terça a quinta, das 9h às 19h (acesso até às 18h30) e sexta a domingo, das 10h às 20h (acesso até às 19h30). Acesso Gratuito.

 

Vaqueiros [Sala 4] (ÚLTIMO ANO)

 

Exposição lúdica, de caráter didático, percorre o universo do vaqueiro a partir da ocupação do território cearense pela pecuária até a atualidade. Utiliza cenografia, imagens e objetos ligados ao cotidiano do vaqueiro.

 

Visitação de terça a quinta, das 9h às 19h (acesso até às 18h30) e sexta a domingo, das 10h às 20h (acesso até às 19h30). Acesso Gratuito.

 

Brinquedo – A Arte do Movimento [Sala 3] (ÚLTIMO ANO)

 

A exposição estimula a memória e ativa a sensibilidade. Os brinquedos expostos pertenciam a Coleção Macao Goes e hoje fazem parte do acervo do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.

 

Visitação de terça a quinta, das 9h às 19h (acesso até às 18h30) e sexta a domingo, das 10h às 20h (acesso até às 19h30). Acesso Gratuito.

 

 

Museu de Arte Contemporânea MAC

 

Museu de Arte Contemporânea oferece oficina educativa gratuita neste sábado (10)

 

A partir de sábado, o MAC CE inicia o Projeto Oficina Educativa Leonilson. Todos os sábados do mês de agosto os educadores do museu fazem atividades educativas relacionadas a exposição em exibição, Leonilson Inflamável. Neste sábado (10), das 16h às 18h, a oficina oferecida será a “Feira de Amores: pensamentos do coração.” O acesso é gratuito.

 

Sinopse: ”Deixe que aquele filme, livro, roupa, porta-retrato, música… algo que lembre alguém, a infância ou um amor qualquer, faça parte da vida de outra pessoa. Leonilson compartilha seus amores com quem visita a exposição. Convidamos o público para essas pequenas trocas. Traga seus amores usados para a feira e mantenha-os vivos pela vida afora!”

 

Leonilson Inflamável

 

A exposição “Leonilson Inflamável” apresenta um generoso recorte da produção artística do cearense. Com curadoria de Bitu Cassundé, a mostra, composta por cerca de 175 obras, evidencia parte de um acervo ainda inédito no Ceará, composto, principalmente, por três coleções: Família Bezerra Dias, Museu de Arte Contemporânea do Ceará – MAC CE e Museu de Arte Moderna de São Paulo – MAM SP.

 

“Leonilson Inflamável” traz desde as lonas, gravuras, desenhos e bordados da sua última fase, até trabalhos iniciais produzidos em Fortaleza, na Maraponga. O grupo ocupa as 13 salas do MAC CE e dimensiona, através de um potente percurso, um panorama da produção do artista. José Leonilson (1957-1993) legitimou dentro da produção contemporânea brasileira um importante legado, com uma obra que articula a projeção biográfica mediada pela subjetividade e pela ficção, produziu um conjunto capaz de relacionar diferentes técnicas, suportes e linguagens. Revela-se através de uma pontual visualidade, lapidada por um vigoroso desenho, pela organicidade do bordado ou por uma pintura livre do rigor formal, uma impactante obra.

 

Após 20 anos do falecimento do artista, a vitalidade e a atualidade das questões que permeiam a sua poética ainda são marcas fortes às quais fica difícil permanecer indiferente.

 

Visitação de terça a quinta, das 9h às 19h (acesso até às 18h30) e sexta a domingo, das 10h às 20h (acesso até às 19h30). Acesso Gratuito.

 

Biblioteca Leonilson

 

Espaço especializado em artes visuais com cerca de dois mil livros nas áreas de Fotografia, Design, Museologia, História da Arte, Arquitetura e Urbanismo, Moda e Arte Contemporânea.

 

Serviço:
De terça a quinta, das 9h às 12h e das 14h às 18h. Sexta, das 14h
às 18h. Gratuito.

 

Horário da Lojinha Dragão do Mar: terça a quinta, das 9h às 18h, sexta a
domingo, das 14h às 20h.

 

[Planetário]

O Planetário CDMAC encontra-se em manutenção preventiva

Escola Porto Iracema das Artes

Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema.

Atendimento ao público no Dragão do Mar (Espaço Mix) – 9h às 18h
E-mail: inscricoesportoiracema@gmail.com
Tel: (85) 3219.5592 / (85) 3488.8608

 

Inscrições abertas para Projeto Irradiar

 

O Porto Iracema das Artes está com inscrições abertas para o Projeto Irradiar, primeira atividade do Programa Cais do Porto, que reúne experiências formativas que não estão nas programações permanentes da Escola. O Programa Cais do Porto, como o próprio nome sugere, é o lugar de recebimento de ideias e experiências formativas que chegam de fora.

 

Capoeira

 

“Um lugar especial onde poderemos dialogar com outros processos formativos pensados fora do projeto pedagógico do Porto Iracema das Artes” – observa o presidente do Dragão do Mar, Paulo Linhares, acentuando que são outras propostas inspiradoras que devem contribuir com o fortalecimento do projeto da escola, na medida em traz novos elementos para os processos formativos.

 

Paulo Linhares ainda observa que o início das atividades do Programa Cais do Porto com um projeto pensado pelo cineasta Orlando Senna tem um especial valor simbólico. “Orlando esteve conosco na implantação do Instituto Dragão do Mar, a experiência que formou dezenas de jovens para o mundo das artes, nos anos 90. A presença do Orlando Senna é também uma forma de marcarmos este recomeço do projeto do Instituto, agora numa nova perspectiva”. – afirmou o presidente do Dragão do Mar.

 

O Projeto Irradiar visa a formação de roteiristas e cineastas para atuação em projetos audiovisuais, com foco em televisão, internet e jogos eletrônicos. Com algumas edições realizadas no Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Belo Horizonte, Projeto Irradiar acontecerá em Fortaleza, conta com nomes como Orlando Senna, Claudio Nigro, Thiago Pereira Falcão, Luiz Adolfo de Paiva Andrade e Davi Tygel.

 

A programação, que faz parte das atividades do Porto Iracema das Artes, acontecerá das 14h às 18h e conta com o seguinte cronograma:

30/08 – Abertura do Projeto com aula-show do músico Davi Tygel

31/08 a 07/09 – Fundamentos Dramatúrgicos e Dramaturgia Audiovisual com Orlando Senna

09/09 a 13/09 – Formatos para TV com Claudio Marco Nigro

16/09 a 20/09 – Criação Multimídia com Thiago Pereira Falcão

23/09 a 27/09 – Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos com Luiz Adolfo de Paiva Andrade

As inscrições seguem até o dia 22 deste mês, os interessados devem se inscrever pelo endereço: www.inscricoesportoiracema.com.br <http://www.inscricoesportoiracema.com.br/> , onde encontrarão todos os detalhes do processo seletivo, incluindo os pré-requisitos necessários.

 

Conheça mais sobre os colaboradores convidados:

 

Davi Tygel: Músico, há mais de quinze anos compondo trilhas sonoras para cinema, foi premiado no Festival de Gijón, na Espanha, por A cor do seu destino (1986), de Jorge Durán, e cinco vezes premiado no Festival de Gramado, pelos filmes Doida demais (1989), O homem da capa preta (1986), ambos de Sérgio Rezende, Quem matou Pixote? (1996) e Dois perdidos numa noite suja(2002), ambos de José Joffily. Sua primeira trilha sonora para cinema foi para O espelho de carne, de Antonio Carlos da Fontoura, em 1984, para quem compôs também Uma aventura do Zico (1998). Em 1985 fundou a Zig&Zag, uma produtora musical voltada para trabalhos em cinema, vídeo e TV. A partir daí fez trilhas sonoras de filmes como A igreja da libertação (1985), de Silvio Dá-Rin, Leila Diniz (1987), de Luiz Carlos Lacerda, O mentiroso (1987), de Werner Schünemann, O círculo de fogo (1989), de Geraldo Moraes, da produção francesa Si tu vas au Rio (1991), de Felippe Clair, A guerra dos meninos (1993), de Sandra Werneck, A maldição do Sanpaku (1992) e O chamado de Deus (2001), ambos de José Joffily, Lamarca (1994) e Quase nada (2000), ambos de Sérgio Rezende, Sombras de julho (1995), de Marco Altberg, e O homem nu (1996), de Hugo Carvana. Fez ainda as trilhas sonoras de Onde anda você (2003), de Sérgio Rezende, do musical Apolônio Brasil – O campeão da alegria (2003), de Hugo Carvana, e do documentário O sol, caminhando contra o vento (2006), de Tetê Moraes e Martha Alencar.

 

Orlando Senna: Roteirista e diretor baiano, nascido em Afrânio Peixoto em 1940, estreou no cinema como assistente de Roberto Pires em Tocaia no asfalto (1962). Antes, participou ativamente da vida cultural de Salvador, na Escola de Teatro da Bahia, no Centro Popular de Cultura e escrevendo críticas de cinema e dirigindo teatro. Mudou-se para o Rio de Janeiro no fim dos anos 1960, quando realizou seu primeiro longa-metragem, A construção da morte (1969). Associado a Jorge Bodanzky fez uma mistura de reportagem e ficção em Iracema, uma transa amazônica (1974) e em Gitirana (1976), antes de realizar Diamante bruto (1977). Escreveu roteiros para Hector Babenco (O rei da noite, 1975), Geraldo Sarno (Coronel Delmiro Gouveia, 1977) e Ruy Guerra (Ópera do malandro, 1985). Em 1988, em codireção com o cubano Santiago Alvarez fez o documentário BrasCuba e, no início dos anos 1990, iniciou longa temporada em Cuba, trabalhando como professor e diretor da Escola Internacional de Cinema e TV de San Antonio de Los Baños. Depois de uma temporada em Fortaleza como professor do Instituto Dragão do Mar, foi subsecretário de Audiovisual da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, no governo Benedita da Silva. Mais recentemente, foi consultor de roteiro do filme Glauber, o filme – Labirinto do Brasil (2004), de Silvio Tendler. Em 2003 assumiu o posto de Secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura e em 2007, o de diretor geral da Empresa Brasil de Comunicação, coordenando o desenvolvimento da TV Brasil, o novo canal de televisão pública do país, cargo que deixou em junho de 2008.

 

Claudio Nigro: Escritor e roteirista, Claudio Nigro radicou-se em Florença, Itália, aos 19 anos. Iniciou seus estudos na Università degli Studi di Firenze e formou-se em Roma pela Università La Sapienza. Formou-se também diretor de cinema em Roma na Nuova Università del Cinema e Della Televisione, instituição nascida a partir da divisão do Centro Sperimentale de Cinematografia (Cinecittà). Atuou como diretor de teatro, colaborou com revistas e jornais culturais e ministrou cursos de roteiro e de teoria artístico-culturais entre Brasil e Itália. Trabalhou como crítico de arte, entre outros ensaios, nas citadas NUOVI ARGOMENTI e LO SCIACALLO. No Brasil, em 2010, lecionou no SESC, Escola São Paulo e no Museu Brasileiro de Escultura. Participou do Projeto Irradiar ao lado de profissionais como Orlando Senna, Doc Comparato e Luis Carlos Maciel. Em novembro e dezembro foi curador e organizadordo evento COMO NASCE UMA OBRA PRIMA no Centro Cultural do Banco do Brasil, ao lado de intelectuais como Renata Azevedo Junqueira, Silvia Meira, Ricardo de Mambro Santos, Pedro Paulo de Senna Madureira e Maria Giovanna Musso, entre outros.

 

Thiago Falcão: Mestre em Comunicação e Cultura Contemporânea pela Universidade Federal da Bahia. Editor geral do site Realidade Sintética (www.realidadesintetica.com), que reune pesquisadores sobre videogames de língua portuguesa com o intuito de promover a área de games study no Brasil. Paraibano, jornalista de formação, participa como membro integrante do Grupo de Pesquisa em Interação, Tecnologias Digitais e Sociedade (GITS) e do Grupo de Pesquisa em Cibercidades (GPC), ambos filiados ao Centro Internacional de Pesquisa em Cibercultura, da UFBA. Trabalhou por cerca de dez anos com produção nos vários tipos de mídias, transitando entre o impresso e o digital. Sua experiência com produção em mídias mais importante se deu quando integrou o Laboratório de Aplicações em Vídeo Digital (Lavid), da Universidade Federal da Paraíba, um dos braços responsáveis pelo desenvolvimento do padrão brasileiro de TV Digital. Desenvolve pesquisa sobre padrões de comportamento e interação social através de jogos eletrônicos, discutindo características dos mundos virtuais, estrutura de redes sociais, fluxo de capital simbólico e a emergência dos social games.

 

Luiz Adolfo de Andrade: Professor, pesquisador e roteirista/designer de games. Doutorando no Programa de Pós–Graduação em Comunicação e Cultura Contemporânea da Universidade Federal da Bahia (UFBA), linha de pesquisa em Cibercultura. Mestre em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (UFF, 2007), linha de pesquisa em Comunicação e Novas Tecnologias. Integra o Centro Internacional de Estudos e Pesquisa em Cibercultura (CIBERPESQUISA/UFBA), participando do Grupo de Pesquisa em Cibercidades
(GPC). Roteirista do game educativo França Antártica, produzido pela Universidade Federal Fluminense em 2007. Designer de três alternate reality games: Obsessão Compulsiva (2007- 2008), desenvolvido para o filme Meu nome não é Johnny; Desenrola (2009), produzido para o Instituto Oi Futuro; A Fórmula do Conhecimento (2009), desenvolvido para Engenho Novo Comunicações e Centro Universitário Jorge Amado. Professor do curso de Criação de Roteiro para Games na Universidade Estácio de Sá (2007) e na Universidade do Estado da Bahia (2008). É membro do Laboratório de Culturas Urbanas, Lazeres e Tecnologia (labCULT) e do coletivo de pesquisadores em jogos eletrônicos Realidade Sintética. Desde 2006, ministra aulas, oficinas, palestras e workshops sobre jogos eletrônicos em diferentes instituições de ensino no Brasil. Possui diversos artigos publicados em livros, periódicos e anais de congressos, discutindo a relação dos jogos eletrônicos com a cultura contemporânea.

 

Mais informações:
Assessoria de Imprensa do Porto Iracema das Artes:
Luzia Batista – 85 32195591/ 85 81412803

 

Escola Porto Iracema das Artes segue com inscrições abertas para cursos básicos

 

A Escola Porto Iracema das Artes continua até o dia 22 de agosto com inscrições abertas, através do site (www.inscricoesportoiracema.com.br), para os cursos básicos. A formação tem o objetivo de introduzir o aluno no mundo da criação e produção cultural, para o desenvolvimento posterior de uma formação técnica e conceitual aprofundadas.

 

Os cursos são divididos em três modalidades – Programa de Audiovisual e Música, Programa de Artes Cênicas e Programa de Artes Visuais e Multimídias – totalizando 31 cursos com estrutura pedagógica referente à carga horária até 225 horas/aula, dividida em módulos de 45 horas/aula.

 

Os Cursos Básicos serão desenvolvidos seguindo uma estrutura de ciclos de aprendizagem, autônomos, mas articulados entre si, que funcionarão na perspectiva de encaminhar o aluno para uma formação. O programa de formação prevê conteúdos modulares que integrarão a aluno ao processo de aprendizagem, considerando o nível de conhecimento dos mesmos.

 

Cursos

 

Programa de Audiovisual e Música

 

O Programa de Audiovisual e Música tem como objetivo a formação básica em atividades técnicas de suporte à realização audiovisual (música e imagem), além de outras experiências formativas com ênfase na ampliação do repertório conceitual nos campos do audiovisual.

– Introdução à Câmera de Vídeo
– Câmera de vídeo para documentário
– Câmera de vídeo para ficção e videoclipe
– Introdução à Eletricidade e Iluminação para Vídeo e Cinema
– Plano de iluminação para vídeo
– Captação de Som Direto para Cinema e Vídeo
– Desenho de som e tratamento sonoro no audiovisual
– Introdução à Edição de vídeo
– Edição de vídeo – documentário
– Edição de vídeo- ficção
– Introdução ao processo de Finalização em conteúdos digitais
– Finalização de vídeo e efeitos visuais
– Finalização de vídeo e controle de som
– Formação básica de DJ
– Técnico de Palco e Roadie

 

Programa de Artes Cênicas

 

O Programa de Artes Cênicas tem como objetivo promover a formação em atividades técnicas de suporte às artes cênicas – teatro, dança, humor, circo – além de outras experiências formativas em vistas à ampliação do repertório conceitual do aluno.

– Introdução à cenografia
– Introdução à cenotecnia
– Desenho de figurinos
– Técnicas da iluminação cênica (teatro)
– Introdução à sonoplastia de espetáculos
– Percursos Poéticos da Encenação Teatral
– Introdução à maquiagem
– Maquiagem cênica

 

Programa de Artes Visuais e Multimídias

 

O Programa de Artes Visuais e Multimídias tem como objetivo promover a formação em artes visuais, com ênfase na relação entre arte e tecnologia, estruturado em dois eixos: o fazer artístico e a estruturação do sistema de artes.

– Introdução à Fotografia Digital
– Edição em Fotografia Digital – I
– Edição em Fotografia Digital – II
– Introdução à Animação Gráfica Digital
– Animação Gráfica Digital – I
– Pintura e desenho digital – I
– Pintura e desenho digital II
– Assistente em espaços museológicos

 

Serviço:
As inscrições seguem até dia 22 de agosto. Inscrições pelo site:
www.inscricoesportoiracema.com.br. Informações: 3219-5592.

 

Escola Porto Iracema das Artes continua com inscrições para Curso Técnico de Dança

 

A Escola Porto Iracema das Artes segue até dia 22 de agosto com inscrições para o Curso Técnico de Dança, que visa qualificar e habilitar profissionais em nível técnico para o exercício da função de bailarino e desempenho de atividades ligadas à dança, segundo as bases tecnológicas, competências e habilidades sugeridas pelos Referenciais Curriculares Nacionais de Educação Profissional, área de artes, subárea de dança.

 

Serviço:
As inscrições seguem até dia 22 de agosto. Inscrições pelo site:
www.inscricoesportoiracema.com.br. Informações: 3219-5592.

Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho
Av. Francisco Sá, 1801 – Jacarecanga 60010-450 – Fortaleza-CE
Informações e agendamento de visitas: (85) 3238.1244

Os espaços EAO funcionam de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30. Todos os espaços têm acesso livre e vagas limitadas.

 

A Escola de Artes e Ofícios é um Espaço privilegiado para pessoas que buscam formação profissional nas áreas de conservação, preservação, restauração, difusão e valorização do patrimônio cultural do Estado do Ceará.

 

Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho abre seleção para facilitadores e monitores

 

O Instituto de Arte e Cultura do Ceará – IACC – por meio da Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho (EAOTPS), lançou Edital que regulamenta o processo seletivo de jovens para atuarem nas funções de facilitador e monitor em oficinas de formação inicial na área de valorização do patrimônio cultural.

 

Inscrições

As inscrições são presenciais e gratuitas e estarão abertas até o dia 20 de agosto, de segunda a sexta-feira, no horário de 8h às 12h e de 13h às 17h, na Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e no Centro Cultural Bom Jardim. Para participar do processo seletivo, os candidatos deverão apresentar os seguintes documentos:

a) Formulário Padrão de Inscrição (disponível no local);
b) Declaração de legitimidade das informações prestadas;
c) Cópia de documento de Identificação, válido na data da solicitação da inscrição;
d) Cópia legível de comprovante de pagamento da última conta de luz ou água;
e) Cópia do certificado de conclusão do ensino médio em Escolas da rede pública de ensino;
f) Comprovação de renda própria e/ou familiar – pais e moradores da casa.

 

Pré-requisitos

Jovens na faixa etária entre 18 e 29 anos, com ensino médio concluído em escolas da rede pública de ensino, e com renda familiar de até meio salário mínimo, serão selecionados para realizar oficinas, coordenar pesquisas ligadas ao registro de manifestações culturais e produzir conteúdos para o Blog dentro do Projeto “Patrimônio Para Todos – uma aventura através das memórias – edição 2013”.

 

Seleção

Os candidatos serão escolhidos por comissão técnica, após análise documental, avaliação escrita e oral, análise de interesse e disponibilidade, avaliação de desempenho na capacitação. Os resultados serão divulgados em até 05 (cinco) dias após a finalização do processo de seleção, através da publicação da lista homologada dos selecionados no site do Centro Dragão do Mar (www.dragaodomar.org.br <http://www.dragaodomar.org.br/> ) e da EAOTPS (www.eao.org.br <http://www.eao.org.br/> ), com data prevista para 30 de agosto de 2013.

 

Capacitação

Para a etapa da formação (100 horas/aula), os jovens selecionados terão que dispor de 04 horas diárias (turno da tarde), de segunda-feira a sábado e para a etapa de realização das oficinas de educação patrimonial nas comunidades (onde atuarão como facilitadores ou monitores), os candidatos deverão dispor de 08 horas diárias, durante uma semana (segunda a sábado), conforme cronograma de atividades a ser informado pela EAOTPS. Além de receber remuneração, os selecionados receberão benefícios como vale-transporte, lanche e fardamento.

 

Serviço: Seleção de facilitadores e monitores para a Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho – Projeto Patrimônio Para Todos – uma aventura através das memórias.

Até 20 de agosto

Local: Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho – Av. Francisco Sá, 1801 – Jacarecanga – CEP 60010-450 – telefone: (85) 3238.1244

Dragão do Mar – Rua Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema – telefone: (85) 3488 8600

Centro Cultural Bom Jardim – Rua Três Corações, 400, Bom Jardim, CEP 60545-110, telefones: (85) 3497.5981

Mais informações: Assessoria de Comunicação e Marketing do IACC 3488.8617 e 8733.8829

 

CURSOS

CURSO DE CONSERVAÇÃO, RESTAURAÇÃO E ORGANIZAÇÃO DE ACERVOS MUSEOLÓGICOS.

 

O curso visa capacitar jovens para procedimentos e aplicações de técnicas básicas de conservação que os auxiliarão em atividades em museus e instituições culturais na salvaguarda de seu acervo. O curso será realizado na Escola e serão desenvolvidas também atividades de estágios nas
instituições.

 

Benefícios: vales transportes, lanche e bolsa-auxílio. Público-alvo: jovens de 18 a 29 anos com ensino médio concluído ou cursando o último ano.

Inscrições abertas até 22 de agosto de 2013.

Local: Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho. Horário: 13h30 às 17h30. Acesso gratuito. Duração: 400h. Classificação: 18 a 29 anos. Contato: (85) 3238.1244.

 

EXPOSIÇÃO

TRAÇO A TRAÇO – Uma Jornada Através do Universo de Aldemir Martins.

A exposição reúne vinte e cinco desenhos inspirados no universo criativo de Aldemir Martins e conceitos de identidade cultural. Aberta até 15 de agosto. Visitações de segunda a sexta, de 8h às 12h e 13h30 às 17h30. Acesso gratuito.

 

ILHA DIGITAL:

A ilha digital da EAOTPS é disponibilizada para pesquisas, serviços de impressão, digitalização e periodicamente ministra curso básico de informática. O acesso à internet é gratuito.

 

BIBLIOTECA THOMAZ POMPEU SOBRINHO:

Aberta à comunidade, a Biblioteca EAOTPS conta com acervo em torno de 1.500 livros para consulta local nas áreas de Artes, Arquitetura, Patrimônio Cultural, Ofícios Tradicionais e Literatura.

+ Horário de Funcionamento: Segunda a sexta, de 8h às12h e 13h30min às 17h30min.

 

ATELIER DE XILOGRAVURA:

O ateliê de xilogravura da EAOTPS pode ser utilizado, mediante agendamento prévio, de segunda a sexta, no horário de 8h às 17h30min para atividades de impressão. Para conhecer as normas de utilização e agendar horário, os interessados podem entrar em contato com a Escola, pelo telefone: 3238.1808

 

LOJA DE ARTESANATO

Conheça alguns produtos desenvolvidos pelos alunos em cursos realizados na EAOTPS.

VISITA GUIADA:

Escolas, Instituições e grupos em geral podem agendar uma visita guiada para conhecer os diversos espaços da EAOTPS. Agende sua visita! Contato: (85)3238.1244.

 

Centro Cultural Bom Jardim

Rua 3 Corações, 400 – Bom Jardim

EXPOSIÇÃO
Mostra Bira de Arte
Curadoria: Maira Gutierres

 

A Mostra Bira de Artes apresenta a produção coletiva dos alunos da EEFM Dr. Ubirajara Índio do Ceará, realizadas no Laboratório de Produção de Imagens nos módulos de Desenho, Pintura e Fotografia ministrados pelos bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência-PIBID, junto ao Curso de Licenciatura em Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará-IFCE.

 

A exposição permanecerá até 19 de agosto. Horário de visitação: 09h às 12h e de 14h às 18h.

 

Dia 09 – Sexta

MOMENTO CÊNICO

Mundaréu de confusão
Grupo: Cia de Dança Estrela da Rua
Direção: Regina Mesquita

 

O espetáculo “Mundaréu de Confusão” narra através da dança e do teatro a chegada da televisão no município de Mundaréu. Uma cidade a 450 km da capital de fortaleza, castigada pela seca, coronelismo e a corrupção política. Tudo isso será transformado com a chegada do novo prefeito, porque sua plataforma de governo é unir o sertão, juntar os povos e fortalecer os municípios. Sua bandeira é um povo que mantém sua cultura acredita.

Dia 09, às 19h, no Teatro Marcus Miranda. Duração: 55 min. Classificação livre. Contatos: 85713165 / maryaneatre@hotmail.com

 

Dia 10 – Sábado

VENHA LER

Facilitador: Ana Paula Sales
Tema do Mês: O Amigo Invisível

No mês de Agosto, durante os encontros do Venha Ler o livro “O Amigo
Invisível” será trabalhado, estimulando a criatividade literária das
crianças.

Dia 10 na Biblioteca.
Contato: 8895-9770 / 9707-6597

 

[CINECLUBE]

Dias: 10, às 16h
Programa: 73

Filmes:

– O Rap do Pequeno Príncipe Contra as Almas Sebosas (Pe, 2000, doc, cor,
35mm, 75 min)
Dir: Paulo Caldas e Marcelo Luna

– O ultimo raio de sol (Df, 2004, fic, cor, 35mm, 22 min)
Dir: Bruno Torres

 

Dia 11 – Domingo

LAGARTA PINTADA

Brincadeiras Infantis
Direção: Cristina Gadelha e Leticia Silva

Programa lúdico-educativo que proporciona ao público infantil momentos de
lazer e criação através de atividades de pintura e desenho livre, jogos,
cantigas de roda e brincadeiras da cultura tradicional popular.

+ Dia 11, às 16h. Duração: 2h, Classificação: Livre.

 

[CINECLUBE]

Dia: 11, às 15h
Programa: 74

Filmes:

– Os Xeretas (Sp, 2001, fic, cor, 35mm, 86 min)
Dir: Michael Ruman

– A Lasanha Assassina ( Sp, 2002, ani, cor, 35mm, 8 min)
Dir: Ale Machado

09.08.2013

Assessoria de Comunicação e Marketing do IACC
Luciana Vasconcelos – (85) 3488.8625