Abad 2013 aqueceu a economia cearense

12 de agosto de 2013

O Centro de Eventos do Ceará (CEC) recebeu entre os dias cinco e nove a 33ª Convenção Anual do Atacadista Distribuidor/16° Sweet Brasil International Expo – Abad 2013. Esta feira, captada pela Secretaria do Turismo do Estado do Ceará (Setur CE), foi a maior já realizada no equipamento. Segundo a organização, foram R$ 20 bilhões em negócios, R$ 2 bilhões acima das expectativas.

 

Mas não apenas os setores de atacado, distribuição e equipamentos alimentícios, para os quais é voltado o evento, comemoraram o sucesso: os visitantes da feira geraram um impacto de R$ 251,4 milhões na cadeia de comércio e serviços, a qual o setor de turismo está ligado.

 

Agregados Turísticos na Cadeia de Eventos durante ABAD

Fonte: SETUR/CE: Pesquisa direta (Posição em 06/08/2013)

Agregados Turísticos

ABAD 2013

. Taxa de Ocupação Hoteleira (%)

92,2

. Demanda Hoteleira (Fortaleza)

45.704

. Demanda Turística via Fortaleza

65.291

. Gasto Percapita (R$)

2.200,00

. Receita Turística (R$ milhões)

143,6

. Renda Gerada (R$ milhões)

251,4

 

 

 

 

 

 

 

Apenas de receita direta, foram R$ 143,6 milhões gastos pelas 65 mil pessoas que incrementaram o fluxo turístico da capital cearense entre os dias quatro e nove, de acordo com as estimativas da Coordenação de Estudos e Pesquisas, da Setur CE.

 

 

Estrutura dos Gastos

R$
milhões

(%)

. Hospedagem

42,2

29,41

. Alimentação

25,9

18,01

 . Transportes

10,9

7,60

. Compras

44,6

31,08

 . Diversões/Passeios

16,2

11,30

 . Outros

3,7

2,60

Total Geral

143,6

100,00

 

 

 

 

 

 

 

 

Os setores mais beneficiados foram o de compras (31,08% dos gastos), seguido pelo de hospedagem (29,41%), alimentação (18,01%), transportes (7,6%), diversões/passeios (11,3%), e outros (2,6%).

 

 

Estrutura dos Gastos na Cadeia de Eventos durante ABAD 

Taxa de Ocupação Hoteleira

Categoria

(%)

Fortaleza (média)

     92,2

 . Hotéis

     93,5

 . Pousadas

     87,9

 . Flats

     89,6

 . Albergues

     75,6

Fonte: SETUR/CE: Pesquisa direta (Posição em 07/08/2013)

 

O levantamento apontou, ainda, que a ocupação da rede hoteleira foi estimada em 92,2%. Destes, 45.704 utilizaram a rede hoteleira formal, e 19.587 meios de hospedagem informais, tais como casa de parentes e amigos, aluguéis por temporada, etc. A distribuição destes hóspedes foi estimada em 93,5% em hotéis, 89,6% em flats, 87,9% em pousadas e, 75,6% em albergues.

 

Para o secretário do Turismo do Ceará, Bismarck Maia, além do público de alto poder aquisitivo que a Abad atraiu, “o maior legado são as oportunidades de novos negócios para o Estado”. De acordo com ele, “não é apenas o fato de recebermos o evento e termos a economia fortemente movimentada durante esses dias, mas de grandes empresas conhecerem as oportunidades e estruturas que temos e passarem a ter interesse em se instalar aqui”. 

 

12.08.2013

 

Assessoria de Comunicação da Setur

Carmen Inês Walraven – Tunay Moraes Peixoto

+55 85 3101.4654 – 3101.4661 – 8732.2041

ascom@setur.ce.gov.br

carmeninesm@hotmail.com

tunay.peixoto@setur.ce.gov.br

facebook.com/seturce – twitter.com/seturce

facebook.com/cecceara – twitter.com/cecceara