Ginastas disputam o Torneio Regional de Ginástica Rítmica em Maceió

12 de agosto de 2013

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Esporte, continua acreditando no potencial dos atletas que cada vez mais ganham espaço no cenário estadual. Por isso, 14 ginastas embarcam para o Torneio Regional de Ginástica Rítmica que acontecerá em Maceió – AL, de 22 a 25 de agosto. É a primeira vez que o Ceará participa das provas de conjunto do Torneio nas categorias infantil nível B e juvenil nível B.

 

O Torneio contará com um número estimado de 250 ginastas de todo o Nordeste. “A participação das ginastas cearenses do Projeto Mão Amiga da Universidade de Fortaleza (Unifor) e da Estácio FIC é de suma importância, pois por meio de um evento de grande porte como este e altamente reconhecido pela Confederação Brasileira de Ginástica, é que temos a oportunidade de levar nossos talentos para trocar experiências e ganhar novos conhecimentos técnicos na modalidade”, disse Ester Vieira, Presidente da Federação Cearense de Ginástica.

 

Um dos destaques da competição é a ginasta Tárcila Barboza, que conquistou diversas medalhas durante sua preparação para o Torneio Nacional que acontecerá em setembro em Porto Alegre.“Esperamos boas classificações nas provas de conjunto e individuais nas categorias infantil e juvenil”, acredita Ester.

 

Uma das atletas mais ansiosas para a competição é a jovem Celina Santos Reis (11), e que integra há três anos Projeto Mão Amiga do Centro Universitário Estácio FIC. “Eu fazia ballet, aí a professora indicou para que conhecesse a Ginástica Rítmica. Fiz a primeira aula, gostei e comecei a praticar. Estou muito ansiosa e espero que o nosso grupo consiga alcançar o objetivo que é ficar entre as seis primeiras”, projetou.

 

Já a ginasta Krysla Moraes de 15 anos – quatro de ginástica rítmica -, está mais confiante. “Eu já tenho um certo tempo de treino, já participei de outras competições e sinto que nosso grupo está no nível das outras equipes. Mesmo tendo experiência nas disputas fora do estado, ainda me sinto um pouco nervosa mas ao mesmo tempo confiante pela preparação que tive nesse período”, contou.

 

A técnica Bárbara Raquel Agostini descreveu um pouco do treinamento das ginastas nesse período pré-competição. “As meninas começaram a preparação para o Torneio em fevereiro deste ano. Elas tiveram uma adequação aos processos de treinamentos e concentração para uma competição deste nível e no momento elas se encontram prontas para alcançar os resultados almejados”, afirmou a treinadora da equipe.

 

Projeto Mão Amiga

 

Em parceria com entidades públicas e particulares, o Projeto busca oferecer a prática de modalidades esportivas diferenciadas como uma forma de inclusão social a crianças e adolescentes de 7 a 18 anos. Atualmente, o “Mão Amiga” da Sesporte está implantado em 30 núcleos, sendo 24 em Fortaleza e Região Metropolitana e 6 no interior do Estado, atendendo cerca de 1,5 mil jovens atletas.

 

12.08.2013

 

Assessoria de Comunicação da Sesporte
Manuella Viana / Isaac Araújo
(85) 3101-4415
imprensa@esporte.ce.gov.br