Médicos recebem orientações sobre manejo clínico da tuberculose

13 de setembro de 2013

Para aumentar a busca ativa de sintomáticos respiratórios, melhorar a qualidade do diagnóstico precoce e reduzir o abandono do tratamento da doença, a Secretaria da Saúde do Estado realiza  na segunda e terça-feira, 16 e 17 de setembro, o Seminário para Profissional Médico em Manejo Clínico da Tuberculose, das 8 às 17 horas, no Mareiro Hotel, Avenida Beira Mar, 2380, Meireles. O seminário vai capacitar 100 médicos da atenção básica e unidades de referência secundária dos oito municípios prioritários para o controle da tuberculose no Ceará, dos municípios sedes das Coordenadorias Regionais de Saúde (Cres) e dos hospitais da rede de assistência pública do Estado e de Fortaleza.

 

No Ceará, há uma tendência de declínio nas taxas de incidência. Em 2001, a incidência ficou em 46,8 casos para cada grupo de 100 mil habitantes, caindo para 38,8 em 2012, ano em que foram notificados no Estado 3.338 casos novos da doença. A taxa de mortalidade também está em queda. Enquanto em 2001 foram 3,4 óbitos para cada grupo de 100 mil habitantes, em 2011 ocorreram 2,8 óbitos por 100 habitantes, uma redução de 17,7% na taxa de mortalidade nos últimos 11 anos. Porém, há desafios no enfrentamento da doença. Entre eles, reduzir a taxa de abandono do tratamento, que está em 8,9%, acima da taxa de 5% aceitável pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

Os oito municípios definidos como prioritários para o controle da tuberculose, segundo parâmetros epidemiológicos definidos pelo Ministério da Saúde, são Caucaia, Crato, Fortaleza, Maranguape, Itapipoca, Sobral, Maracanaú e Juazeiro do Norte. Em 2011, esses municípios responderam por 67% dos casos da doença no Estado. Este ano, técnicos do Núcleo de Prevenção e Controle de Doenças da Coordenadoria de Promoção e Proteção à Saúde da Sesa, em parceria com uma equipe do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), intensificou as ações de prevenção e controle da doença, principalmente no interior, com visitas às 22 regiões de saúde do Estado.

 

13.09.2013

Assessoria de Comunicação da Sesa

Selma Oliveira / Marcus Sá (selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 – 3101.5221)

Twitter: @SaudeCeara

www.facebook.com/SaudeCeara